Legado de Levy Fidelix em risco: Disputa dentro do PRTB vai de acusação de tráfico de drogas a estelionato; entenda

 


    Com a morte do fundador do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), Levy Fidelix, em 23 de abril de 2021, vitima da Covid 19, teve início uma disputa pelo controle interno da legenda. A agremiação passa nesse momento por uma crise sem precedentes.

    Logo após o falecimento de Levy, em 2021, sua esposa Aldineia Rodrigues Fidelix da Cruz assumiu o controle do partido. Acusada de diversas irregularidades na gestão do PRTB, ela foi derrubada pela justiça e por Júlio Fidelix. Acontece que no final do mês de maio, Júlio foi afastado pelo ministro Alexandre de Moraes, também, por irregularidades na condução do partido.

    Júlio Fidelix e Aldineia Fidelix, irmão e viúva de Levy, travam uma disputa dentro do partido com diversas acusações de ambos os lados. Aldineia afirma que Júlio falsificou a ata que o elegeu no dia 30 de dezembro de 2021, incluindo na ata da convenção assinaturas falsas, inclusive de fundadores do partido que já haviam falecido. Aldineia é acusada de uso indevido dos recursos do partido.

    Uma serie de petições foram parar no TSE com acusações de todos os lados. Murad Karabachian, é acusado de possui diversas condenações criminais e responder a vários processos por estelionato (venda de terreno já comercializado) e Lei Maria da Penha ( agressão à ex-mulher Novart Karabachian), inclusive tendo sido afastado da direção da Fundação Karnig Bazarian (Faculdade Integradas de Ipatinga), por causa dessa condenação.

    Nessa mesma petição, Raquel de Carvalho, uma das postulantes ao cargo de presidente nacional do PRTB, é acusada de ser casada com Arthur Marcelo Borges dos Santos, que teria sido inserido ilegalmente como membro do diretório do PRTB. Arthur, que advoga para Murad Karabachian, é acusado ter sido preso e condenado por tráfico de drogas, tendo inclusive um Habeas Corpus negado pelo STJ, por ser reincidente e por ter ficado foragido.

    O cunhado de Raquel de Carvalho e irmão de Arthur, Paulo Marcos Borges dos Santos, também é acusado de ter sido inserido irregularmente como membro do diretório nacional e de ser traficante de drogas, além de responder por improbidade administrativa por desvio de recursos públicos.

    O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Alexandre de Moraes, decretou intervenção no Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) e nomeou como interventor o advogado brasiliense Luciano Felício Fuck, convocando novas eleições para o dia 23 de fevereiro de 2024 para escolha de presidente, diretório nacional, comissão executiva e delegados.

    Em conversa com diretorianos do PRTB, desejam que o legado de Levy Fidelix seja respeitado, e que esses nomes acima envolvidos em várias contravenções, não assumam a legenda com o intuito de destruir esse lindo legado deixado por Levy. Basta aos diretorianos, votarem em quem não está nessa lista obscura do PRTB nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog

Deputado Abimael Santos fiscaliza o Hospital da Restauração

       Na manhã desta terça-feira (06), o deputado estadual Abimael Santos realizou uma fiscalização no Hospital da Restauração, que fica lo...