1º de Maio, hoje, é o dia de "unificarmos o país", diz o pré-candidato a deputado federal em Pernambuco, Evandro Alencar, em dia de ato contra o STF.




    Em visita ao município de Bonito, no interior de Pernambuco, o pré-candidato a deputado federal por Pernambuco e bolsonarista, Evandro Alencar, convidou todos os bolsonarista e da direita pernambucana, para participar de atos previstos para este domingo em apoio ao governo Bolsonaro e ao deputado Daniel Silveira (PTB-RJ), que foi condenado pelo STF e teve a pena perdoada pelo presidente da república. O ex-presidente do CREA-PE, Evandro Alencar, disse que o dia será de "unificar o país", não de protesto.

   "Convido a todos os bolsonaristas, conservadores e patriotas, para hoje, em frente a padaria Boa Viagem, às 13 horas, nos reunirmos, não para protestar, mas para dizer que o Brasil está no caminho certo, que o Brasil não abre mão da nossa liberdade e solicitar que os poderes respeitem a Constituição.", disse Evandro Alencar.

Lula descarta Marília Arraes e declara apoio incondicional a Danilo Cabral. 'Vou trabalhar para que Danilo seja o governador de PE', diz.

 


    O ex-presidente Lula (PT), confirmou nesta sexta-feira 29, que o seu candidato ao governo de Pernambuco é Danilo Cabral (PSB) e não Marília Arraes, que abandonou o PT e filiou-se ao Solidariedade.

   O petista afirmou ter lamentado “profundamente” a saída de Marília do partido e que mantém uma relação de respeito com a parlamentar, mas que irá trabalhar pelo nome do socialista ao governo do estado.

     Lula frisou que o seu candidato a governador em Pernambuco é Danilo Cabral. "Embora eu mantenha uma boa relação com a Marília, eu, sinceramente, vejo que não está pronta para ser governadora, e vou trabalhar para que Danilo Cabral seja o governador de Pernambuco, pois está preparado para ser governador, esse é meu compromisso."

    “Tenho um acordo com o PSB, que é nacional. Então meu candidato é o Danilo. O PSB ganhou uma dimensão nacional importante para nós e essa aliança é muito importante”.

     Marília rompeu em março com o PT em razão de querer ser candidata de todo jeito para o governo do estado. Embora em novo partido, a deputada mantém o apoio à candidatura presidencial de Lula.

EXCLUSIVO: PMB 35 PODE FAZER PARTE DA GESTÃO DO GOVERNO DO ESTADO.

 


      Acabo de ser informado, que o Presidente do Partido da Mulher Brasileira - PMB 35 em Pernambuco, Tinho do Povo, teve encontro com o coordenador da Campanha do Candidato ao Governo do Estado Danilo Cabral, Nilton Mota, na conversa, falaram sobre o cenário político do Estado e sobre a possibilidade do PMB 35 aderir ao projeto da Frente Popular. Segundo informações, Tinho do povo, já estava praticamente com o pé dentro do Projeto do PSB, só faltando ajustar alguns detalhes para oficializar a parceria.

CONSUMIDOR: McDonald's admite que McPicanha não tem a carne e é notificado pelo Procon.

 



    A rede de fast food McDonald’s foi notificada, nesta quinta-feira (28), pelo Procon de São Paulo após a empresa admitir que a nova linha da marca, a McPicanha, não é feita de picanha. O McDonald’s admitiu, nesta quinta (28/4), que o hambúrguer dos sanduíches são "produzidos com diferentes cortes de carne bovina", após a página no Instagram Coma com os Olhos ameaçar a empresa de processo no Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) por propaganda enganosa.

    O órgão de defesa ao consumidor afirma, em comunicado, que a Arcos Dourados Comércio de Alimentos, razão social do McDonald’s no Brasil, deverá, até a próxima segunda-feira (2), "apresentar a tabela nutricional dos sanduíches, atestando a composição de cada um dos ingredientes (carne, molhos, aditivos, dentre outros)".

    Além disso, a empresa deverá mostrar documentos que comprovem os testes de qualidade realizados no produto, “demonstrando o processo de manipulação, acondicionamento e tempo indicado para consumo”. O Procon-SP também quer analisar a qualidade das embalagens para verificar a eficiência em condicionar os produtos.

    Nesta quinta-feira (28), o McDonald’s publicou uma nota em que afirma que a linha se chama dessa forma por trazer "a novidade do exclusivo molho sabor picanha (com aroma natural de picanha) e uma nova apresentação". A empresa disse que a carne utilizada é "um hambúrguer diferente em composição e em tamanho (100% carne bovina, produzido com um blend de cortes selecionados e no maior tamanho oferecido pela rede atualmente".

    A empresa ainda diz lamentar "que a comunicação criada sobre os novos produtos possa ter gerado dúvidas" e informou que "haverá novas peças destacando a composição dos sanduíches de maneira mais clara". O sanduíche custa entre R$ 37,90.

    A ação pode ser enquadrada no artigo 23 do Código de Ética do Conar, que afirma que "os anúncios devem ser realizados de forma a não abusar da confiança do consumidor, não explorar a falta de experiência ou de conhecimento e não se beneficiar da credulidade". O artigo 27 também poderá ser utilizado, que diz que a propaganda "não deverá conter informação que leve o consumidor a engano quanto ao produto anunciado".

    Em 5 de abril, a nova linha ganhou destaque nacional após realizar, de forma inédita, a gravação da campanha dos novos produtos dentro da casa do Big Brother Brasil 22. Os brothers improvisaram uma campanha e reagiram aos sabores da nova linha.

    Com destaque para a carne de sabor picanha, o vídeo publicitário com os participantes foi publicado em 14 de abril. De imediato, a propaganda já não está disponível em nenhuma rede social da marca.

    O Correio procurou o Conar para saber o posicionamento da empresa, mas até a última atualização desta matéria, não obteve resposta. O espaço permanece aberto para eventuais manifestações.


Esconderam informação de forma estratégica, diz blog que denunciou McDonald’s


    A notificação do Procon-SP foi feita nove dias após o blog Comer com os Olhos denunciar uma irregularidade na propaganda da empresa. O blog afirma que recebeu de funcionários da rede um memorando interno em que são orientados sobre a nova linha, que é um relançamento de uma antiga, a Picanha do Méqui.

    No documento, os funcionários são avisados de que “os sanduíches Novos Picanhas utilizarão carne de Tasty”. “Esse sanduíche passará a utilizar carne 3.1. Finalize os estoques de carne PIC antes de usar a carne 3:1”, diz um trecho do memorando.

    “De forma estratégica, deixaram uma informação extremamente relevante fora dessa divulgação. A tal carne de Picanha, internamente chamada de Carne Pic, foi descontinuada. E desde o dia 5/4/2022, todos os restaurantes da rede foram notificados pela matriz que deveriam passar a usar a carne 3.1, ou seja, a carne da linha Tasty”, escreveu o blog na denúncia.

    "Tal informação, que não é passada ao consumidor da marca, é comprovada através dos prints de materiais de treinamento interno que foram obtidos com funcionários do McDonald's Brasil", diz o texto da página Coma Com os Olhos.

    O grupo diz que a propaganda do McDonald’s fala sobre um molho no sabor picanha, mas "sem informar a tal descontinuação da carne de picanha". "Por mais que certas informações estejam em formato de texto legal, você está sendo induzido ao erro, você está sendo enganado, comprando gato por lebre. Não existe meio termo aqui", pontua o blog.

    A publicação ainda afirma que confirmou as informações obtidas em quatro unidades do Mc em três estados do país e que enviou a denúncia para o Conar e o Procon-SP. Por este motivo, o Procon-SP também exigiu a cópia dos materiais publicitários e das mídias de divulgação da linha de 2022.


Internet reage ao McPicanha sem picanha: "Homenagem ao prato brasileiro"


    Após a nota em que McDonald’s admite ausência de picanha na linha McPicanha, usuários das redes sociais reagiram com deboche e criticaram a empresa. “O McDonald’s lamenta, poxa, que os consumidores tenham achado que havia picanha no lanche só porque o lanche chama McPicanha. É cada associação absurda que esses consumidores fazem….”, ironizou um usuário.

    “McPicanha sem picanha é homenagem ao prato brasileiro, diz McDonald’s”, debochou o blog de humor Sensacionalista. Outros perfis relembraram casos parecidos, em que o nome do produto não condizia com a composição dele.

    “Essa confusão do McPicanha não ter picanha me lembrou qdo fui feliz da vida tomar o achocolatado Alpino, com a marca Alpino e a garrafinha toda feita no visual Alpino, mas que não tinha gosto nenhum de Alpino e na embalagem tava escrito pequenininho ‘não contém chocolate Alpino’”, lembra a comediante Cris Paiva.

    “As empresas estão cada vez mais caras de pau. O McDonald’s informou que lamenta que os consumidores pensem que o McPicanha tem picanha na carne, sendo que o molho é o destaque. Famoso ‘todo dia sai de casa um malandro e um otário’ pqp”, se chateia outro usuário.

Por que a pré-candidatura de Danilo Cabral (PSB) ao governo do estado de Pernambuco não decola? São três os motivos.




1. Dificuldade em fazer alianças

    Até o momento, Danilo Cabral (PSB), vem perdendo aliados e não consegue fazer novas alianças, dificultando a decolagem, que para muitos, é problema no motor da aeronave, que pifou. Além de tudo, com o seu maior cabo eleitoral, o ex-presidente Lula, fazendo afagos e com o sorriso de entusiasmo para sua amiga de longas datas, pois militaram vários anos juntos, que é a deputada federal, Marília Arraes. Aproveitando o ensejo, afinal, quem é o candidato (a) de Lula em Pernambuco para o governo do estado??? Dessa forma, Danilo Cabral (PSB) terá ainda mais dificuldades, e se perder o PP de Eduardo da Fonte, pode encomendar as flores para a Frente Popular.

2. Ataques de todos os lados

    Um fator de desgaste apontado por aliados, e que tende a permanecer, são os ataques a Danilo Cabral (PSB), tanto por parte de apoiadores de Raquel Lyra, quanto por parte de eleitores de Miguel Coelho e Anderson Ferreira, que o acusam de ser continuação do governo Paulo Câmara e PSB, que realmente é. Só não vem recebendo ataques de Marília Arraes, que como é também é apoiada por Lula, deve ser o combinado entre eles, pois ambos fazem parte do grupo de Lula e do PT.

    Até o momento, Danilo Cabral não rebateu ninguém, pois sabe que é verdade e não tem forças para se defender, além do mais, com essa nova investida da polícia federal envolvendo o nome de seu aliado Geraldo Júlio, torna sua candidatura, ainda mais inviável e agonizante.

3. Candidato insosso de um governo em crise existencial

    Um candidato insosso de um partido em crise existencial, como o PSB em Pernambuco, já deveria estar fora do páreo, pois a gestão do governo PSB / PT, ocasionaram um caos existencial em Pernambuco. Agora, é aguardar se os eleitores vão continuar com a Frente Popular de Danilo Cabral, ou a Frente Popular de Marília Arraes, pois ambos são liderados pelo ex-presidente Lula. Danilo ou Marília, é a continuação do governo PSB / PT em Pernambuco, mas agora, tem o Solidariedade, que juntos formam o Trisal político em Pernambuco.

Paralisações, transtornos, sucateamento e incidentes marcam o cenário do Metrô do Recife. De quem é a culpa???

 


    O sistema atende a 300 mil passageiros da capital pernambucana e de outros três municípios do Grande Recife, são eles: Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e Cabo de Santo Agostinho.

    De acordo com Francisco Cunha, arquiteto e urbanista pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e militante da mobilidade a pé na cidade do Recife, há pouco tempo, o metrô era considerado um dos melhores em todo o mundo e não tinha os problemas tão frequentes de hoje. Faltam investimento e um olhar mais atento para o equipamento. Além disso, o Metrorec virou cabine de emprego para grupos políticos, onde nomeiam pessoas sem nenhum conhecimento técnico.

    “É uma pena o metrô estar nessa situação, porque ele, fora o fato de ser de superfície, há pouco tempo atrás, não ficava devendo a metrô nenhum do mundo. Dentro dele você tinha ar-condicionado, as estações eram relativamente bem tratadas e cumpriam um roteiro muito importante na cidade. Ele tinha e tem uma importância enorme. É uma pena e um desserviço à população que precisa se locomover diariamente a situação que o metrô está. É dramática. É hoje um modal de grande importância e se, por um acaso, parar de vez, todo mundo teria um prejuízo enorme”, pontuou.

    Segundo o arquiteto, não está se alocando recursos suficientes para a manutenção do metrô. “A solução que existe é do governo federal, por conta dessa crise fiscal e do jeito que está sendo levado, ao meu ver de forma irresponsável, não se está alocando os recursos necessários para a manutenção dele. Não tem investimento, vai sucatear os vagões, o material rodante, e daqui a pouco não vai ter nada. O governo federal deveria partir para realizar o que precisa ser realizado, seja para manter como estatal, ou para privatizar como garantia de remuneração da operação”, acrescentou.

    DIRETO AO ASSUNTO - Eleições esse ano, você vai votar nesse descaso ou vai votar por melhorias??? Você escolhe o final, porque na urna, VOCÊ DECIDE!!!

DIA DO GOLEIRO: 52 anos depois, "o goleiro que não quis entrar para história" lembra dia que impediu gol mil de Pelé.

 


    Um dos responsáveis por adiar a festa do Rei, Jurandir Salvador revela ameaças e bastidores do jogo Bahia x Santos, em 16 de novembro de 1969. "Não queria essa fama", comenta ex-goleiro.

    "Sou pago para defender o gol da minha equipe. É exatamente isso que vou fazer contra o Santos. Acho difícil que ele marque o milésimo em mim". A declaração confiante foi dada pelo goleiro Jurandir Salvador ao Jornal A Tarde, no dia 16 de novembro de 1969, antes da partida entre Bahia e Santos, no estádio Fonte Nova, pela primeira fase do torneio Roberto Gomes Pedrosa. A "direta" de Jurandir foi para Pelé, que estava prestes a marcar o seu gol mil.

    Diante de pressões externas e de 37 mil torcedores, o arqueiro fez um pacto com o elenco tricolor para impedir a marca histórica do Rei.

- Eu não acreditava que ele ia fazer. O plantel era muito unido e nós fizemos várias reuniões. Tínhamos Elizeu, que foi formado no Santos, ele sabia tudo deles. Nós sabíamos de tudo do Santos. O grupo se fechou para não tomar o gol. 



     Parte da torcida queria ver o gol mil e fazer a festa em Salvador, mas a torcida do Bahia não estava nem aí para a marca. Baiaco abriu o placar para os donos da casa e Jair Bala empatou para o alvinegro. Entre vaias e aplausos, o jogo terminou 1 a 1. Outro personagem da partida era o árbitro Arnaldo Cezar Coelho, que ainda estava no início da carreira.

    Na histórica partida, Jurandir foi o último jogador a entrar em campo, ladeado do técnico paraguaio Fleitas Solich - que havia treinado o Real Madrid de Di Stefano e Puskás. O treinador blindou o goleiro na semana que antecedeu o jogo e o deixou concentrado longe do elenco. Mas, todo cuidado não foi o suficiente para impedir o assédio.

    Um ex-deputado estadual e ex-presidente e diretor do Bahia ameaçou a família de Jurandir e ofereceu dinheiro para que o gol acontecesse naquela tarde. O dinheiro oferecido era em cruzeiros novos, que trazendo para o real daria o equivalente a R$ 700 mil.

    - Ele me ofereceu dinheiro e disse que eu ficaria independente para o resto da vida. Mas eu disse que minha dignidade não tinha preço. Eu disse que se ele tocasse na minha família era ele que responderia. Depois do jogo ele sumiu. Eu fui e logo abri a boca com a imprensa. Graças a Deus fui considerado no dia a principal figura da partida. Dizem que não fui inteligente, mas com o passar do tempo vi que aquilo era insignificante.

    Ele também revelou um diálogo com Pelé e que respondeu a provocação nas quatro linhas.

    - Eu praticava boxe também, por conta dos cruzamentos na área. Na primeira bola eu socava a bola e o atacante. Na primeira bola eu fiz isso com Pelé, ele saltou, mas encolheu o pescoço. Ele xingou, xingou muito no jogo. Pelé me disse que eu ia ficar famoso, mas eu disse que não queria essa fama. O tipo de fama que eu queria era que ele não fizesse o gol - comentou.

    "O goleiro que não quis entrar para história"

    No dia seguinte, outro jornal da capital baiana se referiu a Jurandir na manchete como "O goleiro que não quis entrar para história". Hoje, com 74 anos, ele diz que não se arrepende e acredita que fez o que era certo.

    - Eu sou uma pessoa muito feliz. Nós conseguimos o que o Vasco não conseguiu, e eu lamento muito pelo que aconteceu depois do gol. Aconteceu que Andrada não renovou o contrato dele com o Vasco. Ele foi um dos melhores goleiros que eu vi na vida. Depois disso também não jogou mais na Seleção Argentina e rodou por times pequenos. Acabou com a carreira dele e infelizmente morreu recentemente. Eu sabia o que ia acontecer isso comigo e eu não queria essa fama.                        



     Natural de Afogados da Ingazeira, no Sertão de Pernambuco, ele se mudou para Caruaru com 7 anos de idade. Começou a carreira no Central de Caruaru, depois foi para o CSA e de Alagoas foi para o Bahia, onde ficou por 10 anos, depois ainda defendeu Sampaio Corrêa e Sergipe. Mas, o coração do hoje "Seu Jurandir" é tricolor baiano. E essa paixão ele tenta passar para o neto João Lucas, de apenas 1 ano e 5 meses.

PREÇOS: Procon registra diferença de cerca de 733% nos preços de medicamentos genéricos.

 


    O Procon/PE registrou, durante pesquisa de preços de medicamentos genéricos, uma variação nos valores que chega a 732,92%. A pesquisa foi realizada no período de 12 a 20 de abril, em estabelecimentos do Recife, Olinda e Camaragibe. Vinte e seis tipos de medicamentos foram pesquisados.

     A maior variação encontrada foi no medicamento da classe dos anti-histamínicos, a caixa com 12 comprimidos está custando de R$ 2,40 a R$ 19,99 em farmácias diferentes. Em seguida, vem o analgésico a base de Ácido Acetilsalicílico, a cartela com 10 comprimidos apresentou variação de 618%. De R$ 0,50 num local, foi visto por R$ 3,59 em outro.

    No anti-inflamatório a diferença é de 532,06%, e no medicamento para reduzir os níveis de colesterol, 348,12%. O menor preço encontrado foi R$ 19,99, e o maior, R$ 89,58, caixa com 30 comprimidos.

    A pesquisa também identificou o medicamento com menor variação de preço, que é o utilizado para reposição hormonal, 81,93%.

     Segundo a gerente geral do Procon/PE, Ana Carolina, “esse tipo de pesquisa é importante para auxiliar o consumidor, uma vez que o aumento nos medicamentos gera um impacto nas despesas mensais do cidadão e, principalmente, para o público que faz uso contínuo de algumas dessas medicações".

   Vale lembrar que alguns medicamentos de uso continuo são disponibilizados gratuitamente pelo Programa do Governo Federal “Farmácia Popular” em redes de farmácias credenciadas pelo Ministério da Saúde.

    A pesquisa de preços dos medicamentos genéricos está disponível no site do Procon/PE, www.procon.pe.gov.br

'STF não pode ir contra a própria jurisprudência', diz o jurista Mário Filho sobre perdão a Silveira.

 


    A "graça constitucional", benefício concedido ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) pelo presidente Jair Bolsonaro, não pode ser anulada pelo STF, de acordo com o jurista Mário Filho. A medida perdoa as penas aplicadas ao parlamentar pelo Supremo Tribunal Federal. Lembrando que conceder indulto é ato privativo do presidente da república, previsto no artigo 84, inciso XII da CRFB/88.

    Mário Filho afirma que em 2019, quando julgou um decreto editado em 2017 pelo ex-presidente Michel Temer que perdoava penas de pessoas condenadas no âmbito da Operação Lava Jato, o Supremo reconheceu a constitucionalidade do ato do chefe do Executivo. Dessa forma, se tiver que analisar a situação de Silveira, Martins diz que o STF não pode tomar uma decisão que seja contrária a algo que já estabeleceu anteriormente.

    "Evidentemente, o decreto de Bolsonaro não agradou ao Supremo. Mas, juridicamente, não acho que seja muito fácil tentar derrubar ou pretender anular, com base na jurisprudência do próprio Supremo. O STF não pode ir contra a própria jurisprudência", disse Mário Filho.

    O Jurista, Mário Filho, lembra que, em 2019, Supremo validou indulto a condenados da Lava Jato, inclusive com o voto de Moraes.

Teresa Leitão (PT) será indicada para o senado na chapa de Danilo Cabral (PSB) na próxima segunda-feira.

 



    Em almoço entre Paulo, Gleisi, Siqueira, Guimarães e Teixeira, ficou certo que o nome a ser indicado para disputar o senado pela frente popular será o nome da deputada estadual, Teresa Leitão, que é visto como viável.

    O impasse foi criado em busca de resolver se o PT-PE manteria o nome de Carlos Veras ou se aceitaria o apelo da nacional do partido dos trabalhadores em relação a Teresa Leitão para o Senado. Nas hostes socialistas, enquanto isso, uma bolsa de apostas passou a se dar dando conta de que Teresa pode vir a ser nome para vice. O PSB ponderou, o PT não cravou de cara que concordou, mas haveria, revela uma fonte envolvida nas negociações, um "combinado" como pano de fundo disso tudo.

    O senador Humberto Costa, tinha obtido de Gleisi e de Lula, garantia de que a direção nacional não interferiria na situação de Pernambuco, desfechos, no PT, referentes a majoritárias, que não está sendo cumprido, irritando bastante o senador. Essa indicação, vai passar pelo crivo da nacional e é isso que deve ocorrer ao fim e ao cabo. Em função disso, a reunião, na Capital Federal, entre a cúpula do PT e PSB, na sede do PSB, teve o condão de ser determinante.

BENEFÍCIO: Pastor que organizou motociata de Bolsonaro recebeu R$ 5,7 mil de auxílio.

 


       Um dos organizadores da motociata com o presidente Jair Bolsonaro (PL) na sexta-feira (15/4), o pastor Jarkson Vilar da Silva recebeu 16 parcelas de auxílio emergencial do governo federal, segundo informações do Portal da Transparência. De acordo com informações do "G1", o pastor embolsou R$ 5,7 mil do benefício – destinado às camadas mais pobres da população – entre abril de 2020 e outubro de 2021.

    Jarkson vinha divulgando em suas redes o passeio "Acelera para Cristo" com a participação de Bolsonaro. Os participantes que quisessem guiar suas motos numa área determinada próxima ao presidente deveriam pagar R$ 10.

    O pastor foi candidato a deputado federal pelo Pros, em 2018, mas não se elegeu.

    A motociata de Bolsonaro saiu do Anhembi, em São Paulo, e seguiu até Americana, no interior paulista. Vários trechos da rodovia dos Bandeirantes foram bloqueados, o que gerou longo congestionamento no fim da tarde de sexta-feira.
Pastor dispara contra presidente
Em 10 de setembro de 2021, o empresário gravou um vídeo com um série de ataques ao presidente, chamando-o de "canalha", "traidor" e de “m...”.

    O caso aconteceu depois de o presidente estimular seus seguidores nos discursos do 7 de setembro, principalmente contra o Supremo Tribunal Federal (STF), e logo depois recuar e divulgar uma "Declaração à Nação" garantindo que nunca teve intenção de atacar outros poderes.

    “Não acredito em Bolsonaro mais. Podem me chamar de traidor, do que você quiser, canalha. Traidor que quer andar de helicóptero para sobrevoar vendo a gente. Vou queimar minha camisa com o nome Bolsonaro. Você não merece respeito, Bolsonaro. Você traiu os motociclistas, os caminhoneiros. Bolsonaro, vai à m...”, disse na época.

AMEAÇA: Ex-aliado de Bolsonaro diz que família do presidente é 'covarde'.

 


     O deputado federal Julian Lemos (União Brasil-PB) disse que já foi ameaçado e que anda com quatro seguranças para se proteger de “gente covarde”. Em entrevista à Rádio 95FM da Paraíba, nesta segunda-feira (18/04), ele citou a família do presidente Jair Bolsonaro (PL) como um dos motivos para cuidar de "sua segurança e de sua família".

    O ex-aliado do presidente da República reforçou que “não vacila com a segurança” e avisou que, se alguém for atrás dele, “vai sair todo furado”, em alusão à família Bolsonaro.

    “Já tive ameaça, ameaça de gente frouxa. Não vacilo com segurança, ando com quatro seguranças, sei de onde vim, sei da família presidencial, como é covarde. Eles têm a força da Abin (Agência Brasileira de Inteligência) e da (Polícia) Federal. Cuido da minha proteção e da minha família de forma muito cuidadosa. Sou homem de segurança, atirador profissional, não dou vacilo, não. Se vier fazer mal a mim, sai todo furado.”

ALERTA: Pernambuco tem primeira morte suspeita por dengue hemorrágica em 2022.

 

                                Aedes aegypti transmite dengue, zika e chicungunha.


    O Hospital Mestre Vitalino (HMV), em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, notifica o Estado da morte de uma adolescente de 13 anos com sintomas sugestivos de dengue. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), é o primeiro óbito suspeito de 2022 decorrente de prováveis complicações da doença.

    Em nota, o HMV informa que, no último sábado (16), a paciente foi transferida da Unidade de Pronto Atendimento Dr. Horário Florêncio, em Caruaru, para o hospital. Ela apresentou histórico de febre, vômitos, poliartralgia (dores nas articulações), rash cutâneo e prurido há 3 dias. "Chegou em estado geral regular, desidratada, ativa, consciente e orientada, com edema de membros inferiores. Ficou internada em leito de observação, onde foi medicada e realizada coleta de exames", diz o comunicado do hospital.

    Segundo a assessoria de imprensa do HMV, a paciente apresentou uma piora do quadro. "Ela intercorreu, evoluindo com piora progressiva, hipotensão grave e foi intubada. Apresentou parada cardiorrespiratória, foi tentada reanimação sem sucesso. Foi a óbito por volta das 19h", informa.

    Segundo o hospital, "além dos sintomas característicos e suspeitos para dengue hemorrágica (forma como é popularmente chamada a dengue grave, que acontece com alterações da coagulação sanguínea), a paciente apresentava alteração no exame de urina". Para pesquisa de vírus de arboviroses, foi feita a coleta de sangue da paciente, que será enviada ao Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE).

O que é dengue hemorrágica???

     A dengue hemorrágica (como é popularmente chamada a dengue grave) é mais frequente em pessoas que são infectadas pelo vírus da dengue pela segunda vez.

    A doença pode ser decorrente dos quatro sorotipos da dengue (DEN-1, DEN-2, DEN-3, DEN-4). Se não for tratada adequadamente e com rapidez, pode levar à morte.

Quais os sintomas da dengue hemorrágica???

    Os sintomas da dengue hemorrágica, nos primeiros três dias, são os mesmos da dengue clássica, como febre alta, dor de cabeça e no fundo dos olhos, enjoos, vômitos, mal-estar, cansaço extremo, manchas vermelhas na pele e dores no corpo.

    Após o terceiro dia de doença, a pessoa infectada pode apresentar sintomas mais graves, como:

Sangramento da gengiva, boca, nariz, ouvidos ou intestino
Vômitos persistentes
Dor abdominal intensa
Pele fria e úmida
Urina com sangue
Olhos vermelhos
Dificuldades respiratórias e confusão mental

Qual o tratamento da dengue hemorrágica???

        A dengue hemorrágica tem cura, mas o tratamento deve começar assim que os sintomas forem identificados, a fim de evitar complicações decorrentes da infecção.

    Para o tratamento, a hidratação através de soro direto na veia e o monitoramento constante do paciente no hospital são essenciais.

    Em alguns casos, pode ser necessária a realização de oxigenoterapia e transfusões sanguíneas.

    Em caso de suspeita de dengue, deve-se procurar atendimento médico e evitar a automedicação, especialmente remédios à base de ácido acetilsalicílico (como AAS) e os anti-inflamatórios (como o ibuprofeno).

Enxugamento da máquina pública e de cargos comissionados vão compensar redução de imposto na conta de luz, diz Miguel.

 



    O pré-candidato ao governo do estado, Miguel Coelho, afirmou nesta segunda-feira (18) que a economia de recursos com o corte no número de cargos comissionados e o enxugamento de empresas públicas obsoletas compensarão a diminuição de 30% do ICMS cobrado sobre energia elétrica em Pernambuco. A medida, segundo Miguel, tem impacto fiscal estimado em até R$ 700 milhões por ano. Assim, a expectativa é beneficiar com a redução da conta de luz cerca 3,7 milhões de famílias do estado.

    “É um absurdo o excesso de cargos comissionados no estado e a quantidade de empresas públicas que não conseguem oferecer nenhum tipo de serviço”, afirmou Miguel em entrevista à rádio Cidade, de Caruaru. “Vamos compensar a perda de receita com o ICMS reduzindo cargos e economizando na máquina pública, para poder garantir melhores serviços”, acrescentou.

    Ele lembrou a ação impetrada pelo Ministério Público Federal contra a alíquota de 25% cobrada de forma abusiva pelo governo do PSB sobre energia elétrica. “Pernambuco está cobrando imposto indevido da sua população. Vamos nos adequar à legislação e acabar com a apropriação indébita por excesso de cobrança desse governo do PSB.”

    Miguel Coelho disse ainda que pretende anunciar as diretrizes sobre a modernização da máquina pública e do seu Plano de Governo em maio, em um ato no Recife. “Queremos fazer um governo enxuto, transparente, eficiente, moderno, com menos inchaço e foco nos serviços públicos mais essenciais.”

Raquel Lyra destaca falta de políticas públicas de Segurança em Pernambuco e amplia o debate no Estado.

 



    Ações como o Plano Juntos pela Segurança, executado em Caruaru e com bons resultados, são citados como políticas para reduzir a violência

    A pré-candidata ao governo do Estado, Raquel Lyra (PSDB), abordou em suas redes sociais, nesta segunda-feira (18), a falta de políticas públicas de segurança em Pernambuco, após a divulgação de dados que revelam o aumento no número de homicídios em todo o território pernambucano. Só de janeiro a março já foram 965 casos, um aumento de 16,5% em relação ao mesmo período de 2021, de acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS).

    “Pernambuco, como divulgado pelos jornais do nosso Estado, figura entre os três estados mais violentos do Brasil, de onde mais morreu gente de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI). É sobre isso que a gente precisa falar. Em Caruaru, a gente conseguiu reduzir, ao longo do tempo, em mais de 50% esses crimes, de 2017 para cá. Chegamos em 2017 com indicador de guerra civil em Caruaru”, escreveu Raquel.

    Em Caruaru, foi implantado o Conselho de Segurança Cidadã dos Bairros e da Zona Rural (CONSEC), e que faz parte do Plano Municipal Juntos pela Segurança. “A gente conseguiu, numa ação concertada, sentar à mesa com todos aqueles que dialogam com a questão da repressão qualificada, mas, sobretudo, da prevenção à violência no nosso município, e conseguimos tirar Caruaru dessas páginas policiais”, destaca.

    Com isso, a Capital do Agreste foi recebendo conquistas na segurança pública. Ainda de acordo com a tucana, Caruaru está servindo de referência para todo o Brasil. "A parceria com várias entidades foi fundamental para que a gente pudesse caminhar com estratégia definida e clara da redução da criminalidade do nosso território”, concluiu.

POBREZA: Em Pernambuco, pessoas em situação de rua cresceu nos últimos anos. Faltam ações do poder público.



    Ao analisar dados recentes sobre a pobreza no Brasil, evidenciando o tamanho do desastre social de Pernambuco, verificamos que se não houver uma reanimação consistente da economia, que depende, antes de tudo de decisões e políticas nacionais, as medidas assistencialistas vão continuar apenas enxugando gelo.

    O crescimento da economia e a geração de emprego e renda são uma decorrência direta de investimentos privados nas diversas atividades econômicas, restando aos governos uma participação limitada na oferta de serviços públicos. A capacidade de investimento público de Pernambuco é muito baixa, o que vai exigir uma atenção especial do governador de Pernambuco. Os Estados têm, contudo, uma grande responsabilidade no estímulo e atração de investimentos privados, com a criação de um ambiente de negócios favorável e a elevação da competitividade sistêmica do Estado. Em ambos, Pernambuco está mal na foto: é o pior Estado brasileiro para fazer negócios (Banco Mundial) e aparece em 15º lugar na classificação da competitividade dos Estados brasileiros e no 4º lugar do Nordeste, atrás do Ceará, de Alagoas e da Paraíba (Centro de Liderança Pública).

    Se o futuro governo não executar ações efetivas para melhorar o ambiente de negócios e elevar a competitividade, Pernambuco vai continuar convivendo com altos índices de pobreza, maior ou menor a depender da dinâmica da economia nacional. E vai continuar dependendo de ações emergenciais e assistencialistas para proteger os pobres. Para superar o assistencialismo e combater a pobreza, o governo deve concentrar a atuação sobre as causas estruturais desta praga social, incluindo a criação de condições para ampliação dos investimentos produtivos que dinamiza a economia, e dando total prioridade à educação de qualidade, à qualificação profissional, ao saneamento e à inovação. Assim, com o tempo, a pobreza tende a declinar.


Raquel Lyra cumpre agenda com coordenadores da sua pré-campanha da Mata Norte e Agreste Setentrional.

 



    Raquel Lyra esteve reunida com Guiga Nunes, prefeito de Vicência, e Nado Coutinho, ex-prefeito de Nazaré da Mata, coordenadores da sua pré-campanha ao governo de Pernambuco, da Mata Norte do Estado. O encontro serviu para fortalecer ainda mais o trabalho que já vem sendo realizado, além de definir estratégias e fortalecer a mobilização nos municípios na região.

    Raquel também teve encontro com o ex-prefeito e ex-vice-prefeito de Surubim, Flávio Nóbrega e Guilherme Nóbrega, coordenadores da pré-campanha no Agreste Setentrional.

Eriberto Medeiros e Eriberto Filho debatem pauta do turismo com prefeito e vice de Barreiros.

 


    O presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado Eriberto Medeiros (PSB), visitou o município de Barreiros, na Mata Sul de Pernambuco. Acompanhado de Eriberto Filho, o parlamentar esteve reunido na prefeitura com o prefeito Carlinhos da Pedreira e o vice-prefeito João Marreca.

    No encontro, eles puderam dialogar sobre as necessidades e gargalos do município de Barreiros, tratando sobre ações que possam alavancar o desenvolvimento da cidade a partir de articulações do deputado Eriberto Medeiros. Presente no encontro, Eriberto Filho também contribuiu com ideias que fortaleçam o turismo local.

Armando Monteiro destaca compromisso com Raquel Lyra.

 



    O ex-senador, Armando Monteiro (PSDB), destacou o compromisso com a pré-candidatura de Raquel Lyra (PSDB), “na perspectiva do interesse de Pernambuco”, afirmando que a decisão do empresário Douglas Cintra é pessoal e deve ser respeitada.

    Veja a declaração de Armando:

    "A decisão de Douglas Cintra é pessoal e deve ser respeitada. Já o meu compromisso com esta causa vem desde a primeira hora, pois se dá na perspectiva do interesse de Pernambuco e se fortalece a cada passo dessa jornada. Sigo com o mesmo entusiasmo ao lado de Raquel Lyra, muito animado pela receptividade e adesões que temos recebido em todas as regiões do Estado. Episódicos desencontros são naturais neste processo."

Presidente do Conselho dos mototaxistas, motoentregadores e motociclistas de Pernambuco anuncia apoio às pré-candidaturas de Miguel a governador e Douglas Cintra a deputado federal.

 



    Representante de 12 atividades sociais e econômicas vinculadas à frota de mais de 1,3 milhão de motos em circulação em Pernambuco, o presidente do Conselho das Entidades Motociclistas de Pernambuco ( CEMPE ), Rinaldo Tavares, formalizou o apoio à candidatura de Miguel Coelho, ex-prefeito de Petrolina, a governador de Pernambuco.

     Ao lado do ex-senador Douglas Cintra, que é o pré-candidato a deputado federal dos motociclistas, Rinaldo anunciou o lançamento pelo União Brasil, partido de Miguel, de uma candidatura coletiva a deputado estadual, formada por ele e mais 11 co-deputados, todos representantes dos segmentos relacionados a motos.

  “É em defesa dos trabalhadores e usuários de motos, a exemplo dos mototaxistas, dos motoentregadores, dos clubes de motos, que estamos entrando nesta luta por uma representação na Assembleia Legislativa do Estado e confirmando aqui o nosso apoio a Miguel Coelho, que já se comprometeu com a defesa dos motociclistas ”, afirmou Rinaldo, após reunião com o senador Fernando Bezerra Coelho, acrescentando que a candidatura coletiva fará dobradinha com Douglas Cintra para federal.

    Segundo Douglas, Pernambuco tem hoje cerca de 120 mil mototaxistas, 120 mil motoentregadores e 850 clubes de motociclistas. “A luta de quem trabalha com moto é principalmente para acabar com o preconceito e com a perseguição mantida pelo Governo do Estado”, diz, acrescentando: “A moto é um instrumento de trabalho importante, é uma ferramenta que movimenta a economia de Pernambuco. Além disso, é um meio de mobilidade fundamental para milhares de famílias. O Estado não pode continuar perseguindo quem tem moto. Não é justo, por exemplo, que mototaxistas não tenham o mesmo direito que seus colegas taxistas, que compram seus carros sem pagar impostos”.

Raquel Lyra propõe a construção de cinco grandes maternidades em Pernambuco.

 



    A importância de garantir o direito de nascer com dignidade e segurança é uma das bandeiras defendidas pela pré-candidata ao governo de Pernambuco, Raquel Lyra. De acordo com a tucana, uma de suas propostas de governo é a construção de cinco grandes maternidades em pontos estratégicos do estado.

    "Esse será um dos nossos compromissos, garantindo o atendimento de qualidade às grávidas e aos pernambucanos o direito de nascer", explicou Raquel, que também adiantou que uma série de estudos está sendo realizada para definir as cidades que serão instaladas as unidades.

    Ainda de acordo com a postulante, muitas mulheres precisam passar por uma grande peregrinação até conseguir um hospital e, em alguns casos, buscam atendimento até fora do estado, como na Paraíba, Alagoas, Ceará e Bahia. "Cada unidade que será construída vai proporcionar um atendimento especial para a saúde integral das mulheres e das crianças", finalizou.

"France Hacker terá carga total em Água Preta”, afirma prefeito Noé Magalhães.

 



     Prefeito de Água Preta, Noé Magalhães, falou sobre sua parceria com o ex-prefeito de Sirinhaém e pré-candidato a deputado estadual, France Hacker. “France Hacker terá carga total em Água Preta. Ele é uma pessoa que eu tenho extremo carinho, uma amizade e lealdade antiga”.

    De acordo com Noé, a relação de ambos sempre foi positiva e agora está ainda mais alinhada com a escolha para a representação estadual. “A gente acredita nele porque é uma pessoa que sempre foi leal com seus compromissos, sempre foi fiel e acredito que irá ajudar o nosso município”, afirma.

Ex-ministro de Bolsonaro, Abraham Weintraub, criticou Bolsonaro pela aliança com o Centrão: 'O Centrão levou o dinheiro da nação, foram bilhões para o fundão.'





     O ex-ministro da Educação e pré-candidato ao governo de São Paulo Abraham Weintraub (Brasil35) criticou o presidente Jair Bolsonaro (PL) em um áudio que 'vazou' nas redes sociais nessa quinta-feira, 7 (escute o áudio abaixo).

     No áudio', Weintraub declarou que, se Bolsonaro for reeleito, "a gente continua piorando". Por isso, segundo ele, seria necessária a eleição do ex-presidente Lula (PT).

     "Porque, hoje, ou é com Lula, ou a gente continua piorando. Porque com ele vai continuar piorando. O presidente Bolsonaro reeleito, historicamente, o segundo mandato de um presidente costuma ser pior que o primeiro mandato", disparou o ex-ministro durante a participação de um bate-papo no Spaces, do Twitter.

Escute o áudio:



 

ELEIÇÕES 2022: Pesquisas mostram que Lula e Bolsonaro se enfrentarão no segundo turno.

 



    Lula e Bolsonaro devem se enfrentar no segundo turno das eleições de outubro é o que indicam pesquisas para o primeiro turno e divulgadas ao longo da primeira semana de abril.

    As pesquisas foram realizadas por XP/Ipespe, Genial/Quaest e Paraná Pesquisas e os dados foram consolidados pelo portal UOL.

    De acordo com Felipe Nunes, CEO do Quaest, a "terceira via" foi "esvaziada" após a saída de Sérgio Moro, que sinalizou deixar o desejo de disputar a Presidência, e com a briga interna no PSDB entre Eduardo Leite e João Doria.

    Veja as pesquisas para presidente:

XP/Ipesp:

Lula: 44%

Bolsonaro: 30%

Ciro: 9%

Outros candidatos: 6%

Branco/Nulo: 9%

Não sabe: 3%

    No 2º turno entre Lula e Bolsonaro, segundo a XP/Ipesp, Lula venceria com 53% contra 33% de Bolsonaro.

    A margem de erro da pesquisa é de 3,2% para mais ou para menos.

Pesquisa Quaest:

Lula: 44%

Bolsonaro: 29%

Sérgio Moro: 6%

Ciro: 5%

Outros candidatos: 5%

Branco/Nulo: 5%

Não sabe: 5%

    No segundo turno, Lula teria 55% e Bolsonaro, 34%. A margem de erro é de 2 pontos percentuais.

Paraná Pesquisas

Lula: 40%

Bolsonaro: 32,7%

Moro: 7,1%

Ciro: 5,4%

Outros candidatos: 5,1%

Branco/Nulo: 6,9%

Não sabe: 3,7%

    No segundo turno, Lula venceria com 47,1%. Neste cenário, Bolsonaro teria 38,5%. A margem de erro da pesquisa é de 2,2%.



Fonte: Rádio Jornal do Comércio

A boa política é mais importante do que a nova política. Políticos novos não representam necessariamente valores novos.

 



     Políticos novos não representam necessariamente valores novos, e precisamos de mais do que promessas para separar o joio do trigo. Principalmente em ano eleitoral.

    É verdade que o passado político do nosso país, principalmente o mais recente, faz a gente ter pouca fé nos representantes do poder público. Dá vontade de tirar todo mundo, gritar “fora todos”, expulsar todo mundo das assembleias e câmaras e recomeçar tudo do zero.

    E eu acho correta essa indignação. A performance da administração pública na maioria das vezes fica abaixo do que a gente merece e deseja. A percepção geral é a de que os políticos com mandato são medíocres e atrapalham mais do que ajudam a população, graças à corrupção e à burocracia – ambas bancadas com o SEU dinheiro.

    O único problema com esse pensamento é que nem sempre os quadros que se apresentam como “novos” são aqueles que representam uma ruptura com os vícios e defeitos dos políticos de carreira. Muitas vezes são só uma embalagem modernizada para o mesmo conteúdo que vem canetando a sua vida e desviando seu dinheiro desde sempre.

    Fica muito claro quais características a gente não pode tolerar nos mandatários: letargia, burocracia, desperdício, falta de transparência, apego a privilégios etc. Em ano eleitoral, além de ter isso em mente (que você e eu vamos concordar que é básico), é importante começar a pensar em quais características a gente precisa. Idoneidade, comprometimento, capacidade de entrega e, acima de tudo, respeito pelo dinheiro público.

    Muitos políticos novos podem até representar de forma legítima essa oxigenação de valores, mas precisamos ser vigilantes sobre a diferença entre aquilo que eles aparentam ser e aquilo que eles praticam de fato.

Vereadores de Gravatá, Gil Dantas e Tadeuzinho, cobram ao ex-padre e prefeito, Joselito, entrega do Peixe da Semana Santa.

 



     Até o momento, a Prefeitura de Gravatá, através do prefeito Joselito Gomes (PSB) não divulgou se realizará a tradicional entrega dos peixes da Semana Santa para famílias carentes de diversas áreas de Gravatá Agreste de Pernambuco.

    Preocupados, os vereadores Gil Dantas e Tadeuzinho, ambos do (PSDB), protocolaram o Ofício n.º41/2022, que já foi encaminhado ao gabinete do prefeito, solicitando esclarecimentos e que seja providenciada a entrega dos peixes.

    Ainda no ofício, os vereadores informaram que no ano passado, a justificativa da gestão, para não entrega dos peixes se deu pelo auge da pandemia da COVID-19.

    Agora com a Covid-19 controlada e grande parte da população imunizada, os vereadores observam que este é o momento certo para o retorno da distribuição do peixe.

    Caso seja realizada a entrega dos peixes neste ano, várias famílias carentes serão beneficiadas. Cabe agora o prefeito, acionar a Secretaria de Assistência Social para que a mesma realize este ato.

    Vale lembrar que estamos próximos da Semana Santa, e não há licitação no portal da transparência a respeito da compra de peixes.

Pesquisar este blog

Jurídico de Raquel Lyra vai à Polícia Federal e Procuradoria Eleitoral para garantir atuação da PF nas eleições.

       A coordenação jurídica da Coligação Pernambuco Quer Mudar (Federação PSDB -Cidadania e PRTB) denunciou à Polícia Federal e à Procurad...