Raquel Lyra derrotou Marília em Caruaru e também no Recife.

 


    A candidata do Solidariedade, Marília Arraes, disse no debate que quem conhece Caruaru não vota em Raquel Lyra. No entanto, Marília se perdeu completamente na sua fala.

    No primeiro turno, se tivesse dependido apenas de Caruaru, ela teria sido eleita no primeiro turno: teve 51,42% enquanto Marília teve apenas 10,84%.

    Já no Recife, terra de Marília Arraes, quem venceu foi Raquel Lyra com 24,33% enquanto Marília Arraes teve apenas 18,65% e amargou o terceiro lugar mesmo tendo disputado a Prefeitura da Capital em 2020 e conseguido 44%.

    Será que realmente quem conhece Caruaru não vota em Raquel? ou quem conhece Marília é que não vota?







Debate: Raquel Lyra reestabelece a verdade e apresenta compromissos para o crescimento de Pernambuco.

 


    A candidata a governadora, Raquel Lyra (PSDB), venceu o debate realizado pela Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe), nesta terça (18), reestabelecendo a verdade e apresentando seus compromissos para fazer Pernambuco voltar a crescer. Raquel lembrou que a Justiça Eleitoral já determinou a retirada de conteúdo falso fomentado por um membro da campanha de Marília Arraes, pago com dinheiro do fundo eleitoral.

    “O pernambucano está cansado de conversa fácil, de discurso fácil, de falta de ação e de atitude. Todo mundo aqui quer saber como é que nós vamos mudar Pernambuco para melhor. Como vamos construir o futuro. E a gente não faz isso com mentira, inverdade. Houve seis ações judiciais que impetramos contra a candidatura dela e ganhamos. Ela não teve nenhuma contra nós. Vamos reestabelecer a verdade sempre na campanha e no governo também. Transparência acima de tudo”, afirmou Raquel.

    A postulante defendeu a agilidade na entrega de licença para empresas e garantiu que vai trabalhar para atrair novos investimentos junto ao presidente que for eleito pelos brasileiros, a partir de janeiro de 2023.

    A candidata que foi prefeita de Caruaru por dois mandatos explicou como vai funcionar o Programa Bora Empreender!. “Vamos oferecer qualificação profissional, consultoria técnica e crédito desburocratizado para os pequenos empreendedores”, reforçou. Ela também apresentou os compromissos de entregar o Arco Metropolitano e reduzir a burocracia para atrair novas empresas e gerar mais postos de trabalho.

    “Eu venho aqui como alguém que se dedicou a vida inteira ao serviço público, não sou candidata a governadora por um projeto pessoal. Eu quero ser a governadora que vai poder cuidar da água, dos morros, e trabalhar para dar oportunidade aos jovens. Eu quero governar para todos e unir o nosso estado”, acrescentou Raquel.

Presidente do Republicanos no Distrito Federal rebate Xuxa: "Quem é Xuxa para atacar Damares Alves?"

 



    Antes, quero registrar que a Xuxa deveria estar preocupada em ajudar no combate aos crimes contra crianças e participar dos debates sobre o recrudescimento das penas para quem comete atrocidades com seres inocentes e puros. A apresentadora deveria fazer algo positivo pelo Brasil, no combate à exploração sexual de crianças e adolescentes.

    Damares somente denunciou. Qual motivo de tantos ataques a uma mulher que lutou durante toda a vida pela defesa das crianças e adolescentes? A resposta é a coragem de denunciar o tráfico sexual infantil e o processo de erotização de crianças que Xuxa conhece tão bem.

    Cassar a Damares? Quanto desejo de cassar Damares! O ódio não é somente contra ela. É contra os cristãos que defendem o nome do criador. O ódio é contra aqueles que lutam para proteger a família, a igreja e a escola, principal alvo do petismo, do marxismo, dos satanistas e bruxos.

    Querem cassar Damares, como caçaram João Batista. Estão querendo empalhar sua cabeça e apresentar numa bandeja, expondo-a como um troféu, como se fosse um animal. Se com os animais tal ação é crime, imagine com uma senadora eleita pelo voto popular.

    Engulam! Vocês terão que engolir. Nós teremos no Senado uma senadora brigando pelos direitos das crianças, das mulheres, dos idosos, dos jovens, dos adolescentes e da família. Sim! Teremos sim!

    Chega de erotização infantil, de abuso infantil, de iniciação sexual precoce, de pedofilia, de incesto e de pornografia infantil.

    Chega! Chega! Chega!

    Damares tem a proteção de Deus. Esperança desse Brasil. Pela justiça, pela proteção ampla da família, por um Brasil mais justo.

    Deus, Pátria, Família e Liberdade.

    Damares sabe que sempre poderá contar com apoio do seu partido REPUBLICANOS e seus respectivos dirigentes.

Para terminar, quem é Xuxa para atacar Damares Alves? Uma ex-atriz que contracenou nua em cena de sexo com menor de idade. Sem mais.

Wanderley Tavares - Presidente Republicanos no Distrito Federal

Prefeito Duguinha Lins, deputado eleito Joãozinho Tenório e mais vereadores e lideranças com Raquel Lyra.

 


    A chapa Raquel Lyra governadora e Priscila Krause vice-governadora recebeu nesta sexta-feira (7) o apoio do prefeito de São Joaquim do Monte, Duguinha Lins (PSDB), do deputado estadual eleito Joãozinho Tenório (Patriota) e dos vereadores Valdir da Barra (PP), de Barra da Guabiraba, e João do Gás (PP) e o empresário Marcos de Pita, de Bonito.

    “Raquel reúne todas as qualidades. Já mostrou o belíssimo trabalho que fez em Caruaru e, sem sombra de dúvidas, é o melhor para todo o nosso Pernambuco”, disse Guguinha. “Raquel é a melhor opção para governadora. Tem todos os atributos para ser uma excelente gestora”, destacou Joãozinho Tenório.

    “Voto em Raquel porque ela é a mais preparada, competente, testada, tem a sensibilidade por ser mulher e para cuidar melhor de todos nós pernambucanos”, complementou Valdir da Barra. O empresário Marcos de Pita, por sua vez, destacou que, neste segundo turno, Raquel é a melhor opção. “O futuro de Pernambuco estará em boas mãos”, frisou o empresário.

    O vice-prefeito Guto Coelho (PSDB) não este presente no encontro, mas também declarou apoio às candidaturas de Raquel e Priscila. Também aderiram o presidente da Câmara de São Joaquim do Monte, Vavá, e os vereadores Fabinho, Crisciane e Nem Amorim e Ricardo Jeferson. O vereador Judivan (Republicanos) e o ex-prefeito Dr. Abrantes (PSDB), não estiveram presentes no encontro com Priscila Krause, mas já confirmaram o apoio à candidatura de Raquel.

EMPATE TÉCNICO: Pesquisa realizada pela Modalmais/Futura, tem Lula com 49,3% dos votos e Bolsonaro 46% no 2º turno.

 


    Pesquisa feita pela Futura Inteligência e encomendada pelo Banco Modal, divulgada nesta sexta-feira (7), aponta que o ex-presidente Lula (PT) vencerá as eleições com 49,3% dos votos em segundo turno. Na simulação, o presidente Jair Bolsonaro (PL) tem 46% dos votos. Portanto, a diferença entre os dois é de 3,3 pontos percentuais.

     Bolsonaro também tem a maior rejeição. Segundo o levantamento, 49,3% dos eleitores dizem que não votariam de forma alguma no atual presidente. Enquanto, 46,2% dizem que não votariam em Lula.

    A pesquisa também procurou saber como a população avalia o governo de Jair Bolsonaro. Para 39%, a gestão é ruim ou péssima. Já 36,2% acham que é ótimo ou bom. Os eleitores também avaliaram o governo do ex-presidente Lula (2003-2010). Para 44,2%, o governo foi ótimo ou bom, para 35,4% é ruim ou péssimo.

    Para o levantamento foram entrevistadas 2 mil pessoas, com margem de erro de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos e confiabilidade de 95%. As entrevistas foram realizadas em 3 e 4 de outubro de 2022. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-08263/2022.

    Como será no dia do segundo turno das eleições

    Dia e horário de votação: o segundo turno será no domingo (30), das 8h às 17h, no horário de Brasília. A divulgação da apuração dos votos deve começar logo após o fechamento das urnas.

    Onde votar: o eleitor pode conferir o local de votação no site do TSE. Ou por meio do aplicativo e-Título, acessando "onde votar".

    Quem deve votar: todos os brasileiros alfabetizados, entre 18 e 70 anos, são obrigados a votar no dia da votação. O voto é facultativo apenas para quem tem entre 16 e 18 anos, pessoas com mais de 70 anos e analfabetos.

DOR E LUTO: Raquel Lyra está devastada e ainda não voltou para o seu apartamento. Ela perdeu o marido no domingo (2).

 


     Raquel Lyra que perdeu o marido, Fernando Lucena, na manhã do domingo 2 de outubro, dia das eleições, ainda não voltou para seu apartamento.

     Devastada, a candidata ao Governo de Pernambuco pelo PSDB está na casa da mãe. Preocupados, os familiares não a deixam um minuto sozinha.

      Pedido negado: A campanha de Raquel Lyra (PSDB) solicitou o adiamento do início da propaganda gratuita na televisão e no rádio por causa da morte de Fernando Lucena. O jurídico postulante defendeu que o horário eleitoral começasse na próxima segunda-feira (10), mas teve a solicitação negada. A decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE) saiu depois de consulta à coligação de Marília Arraes (Solidariedade), que discordou da mudança de data. Sendo assim, a propaganda para o segundo turno foi iniciada nesta sexta-feira (7).

Prefeitos do PT não seguem o partido e vão anunciar apoio a Raquel Lyra

 


    Dois prefeitos petistas não seguirão a legenda no apoio a Marília Arraes e estarão declarando apoio a tucana Raquel Lyra no início da semana que vem: Luiz Aroldo (Águas Belas) e Márcia Conrado (Serra Talhada).

    Os dois abrem dissidência no partido que não está unido em torno do nome de Marília Arraes da mesma forma que não estiveram unidos em torno do nome de Danilo e chegaram a lançar o movimento "optei Marília". Filiados ao PT e não simpatizantes de Marília preparam uma grande movimentação em favor da chapa Raquel Lyra governadora e Lula presidente.

    Segundo fontes, Marília Arraes estaria esperando e chegou a enviar emissários em busca do apoio de Márcia Conrado, única prefeita petista no estado e com uma aprovação recorde em Serra Talhada para receber o seu apoio que já foi descartado pela própria prefeita.

    Da mesma forma, Marília também não consegue unidade em torno de seu nome em outros setores da Frente Popular que estão aderindo em peso a candidatura de Raquel Lyra para governadora e Lula para presidente.

    Tanto na cidade de Águas Belas quanto em Serra Talhada os adversários políticos dos atuais prefeitos estão com Marília Arraes o que teria pesado e muito nesta decisão.

Vereador Edinho, presidente da Câmara do Paulista, declara apoio à Raquel Lyra


 
    Parlamentar aderiu à mudança que Raquel e Priscila farão em Pernambuco

    O vereador Edinho (PSB), presidente da Câmara de Vereadores do Paulista, é a mais nova adesão ao palanque de Raquel Lyra. Nesta quinta-feira (8), ele foi à sede do PSDB, no Recife, para apresentar seu apoio à coligação Pernambuco Quer Mudar.

    “Eu estava apoiando Miguel Coelho (UB) no primeiro turno. Mas o projeto de Raquel sempre chamou nossa atenção. Com alegria que viemos fazer parte do 45”, disse Edinho. Ele se junta aos vereadores Márcio Freire (Patriota) e Itamar das Montanhas (CID), que integravam as forças de Raquel no Paulista.

TRE-PE defere, por maioria, Registro de candidatura e está eleito Deputado Estadual

 


     O TRE deferiu o registro de candidatura de Lula Cabral. Com o deferimento do Registro de Candidatura, o Solidariedade passa a eleger 4 Deputados Estaduais com a validação dos votos obtidos por Lula Cabral, no dia 02 de Outubro. Quem perde a cadeira é o deputado estadual, Diogo Moraes (PSB).





PSB COM MARÍLIA: Paulo Câmara, João Campos, Danilo Cabral e Geraldo Júlio declaram apoio a Marília Arraes, a pedido de Lula.

 


    PT e PSB se unem e definem apoio a Marília Arraes em Pernambuco, a pedido do candidato a presidente Lula.

    Paulo Câmara, Danilo Cabral e Geraldo Júlio, que falaram que seguiriam o que Lula determinasse, já estão alinhados com Marília Arraes.

    A família Arraes e Campos se unem para manter o domínio do estado.

     A declaração será realizada nesta sexta-feira (07), com toda cúpula reunida.

Pula-pula: Juliana Chaves, de Feira Nova, retira apoio a Marília, e fica com Raquel Lyra e Priscila Krause.



    Líder da oposição de Feira Nova e ex-candidata a prefeita do município, Juliana Chaves é mais uma liderança a declarar apoio às candidaturas de Raquel Lyra (PSDB) e Priscila Krause (Cidadania) ao Governo de Pernambuco. Ela antes apoiava a candidatura adversária ao governo do Estado.

    “O segundo turno é uma nova campanha. Busquei conhecer melhor o modo de fazer política de Raquel e gostei muito, por além ser mulher ter estilo parecido com o meu. Ela é experiente, preparada e já mostrou resultados. Então resolvi declarar meu apoio e tenho certeza de que sairemos vitoriosos”, justificou Juliana.

    Sobre as demandas para Feira Nova, Juliana destacou que o principal desafio é vencer o desemprego. “A geração de emprego é o nosso principal problema. Feira Nova precisa de olhar diferenciado da futura governadora para trazer investimentos, que possam gerar empregos e desenvolver o município, trazendo de volta a dignidade para o nosso povo”, concluiu.

Deputado estadual eleito, Jarbas Filho, declara apoio a Raquel Lyra e Priscila Krause.

 


    O palanque de Raquel Lyra segue recebendo novas adesões para o segundo turno das eleições. Nesta quinta-feira, o deputado estadual eleito, Jarbas Filho, declarou que vai apoiar a candidatura de Raquel Lyra e Priscila Krause para o Governo do Estado. Ele esteve reunido nesta manhã com Priscila Krause, ladeado pelo senador da república por Pernambuco e seu pai, Jarbas Vasconcelos.

    “Neste momento tão importante para nosso Estado, quero declarar publicamente o meu apoio à candidatura de Raquel Lyra e Priscila Krause ao Governo. Existe um desejo de mudança em todo Pernambuco. Raquel Lyra é preparada e reúne todas as condições de fazer uma gestão competente e exitosa nos próximos quatro anos. Ao seu lado estará Priscila Krause, uma parlamentar que sempre teve uma atuação de destaque e com a qual eu tenho privilégio de compartilhar uma amizade de muitos anos.”, comentou Jarbas Filho.

Sem sororidade, Marília Arraes nega pedido de Raquel Lyra de adiar o guia eleitoral.

 

   

     Raquel Lyra (PSDB) após fazer apelo para adiar o guia eleitoral em função do luto vivido por ela, em função do falecimento do seu marido Fernando Lucena no último domingo, vítima de um infarto fulminante no dia da eleição. Marília Arraes informou que a disputa precisa seguir com diálogo e nega pedido da tucana.

Lula decide não vir a Pernambuco nesse 2 turno. Saiba os motivos.

  



    Candidata do Solidariedade ao Governo de Pernambuco, Marília Arraes quer que Lula volte a Pernambuco para fazer campanha para ele e para ela que disputa o segundo turno contra a tucana Raquel Lyra. No entanto, a presença de Lula em Pernambuco pode fazer reviver algumas coisas que aconteceram no mês julho quando o ex-presidente esteve em Pernambuco participando de um ato na época em prol da candidatura de Danilo Cabral e a cada momento que o nome deste era citado, uma sonora vaia se ouvia. Quem não lembra?

    Agora estamos no segundo turno e com uma candidata que está declaradamente pedindo votos para Lula embora até o momento o ex-presidente não tenha gravado nenhum vídeo ou feito algum aceno em prol de sua postulação. Além disso, digamos que com Lula aqui pedindo votos para Marília, reunindo também a Frente Popular em um evento, já que o ex-presidente virá pra fazer campanha e tentar ampliar a quantidade de votos que teve por aqui. Não se surpreenda se ao ter seu nome citado, Marília agora seja a vítima das vaias dos presentes e Lula tenha que novamente se justificar.

    Em tempo, o ex-presidente sabe que tem eleitores que votam em Marília e que não votam nela, mas votam nele e pode optar por nem sequer vir a Pernambuco fazer campanha. Até porque a ordem é ampliar a votação e não entrar no meio de uma briga política pelo comando do Palácio. Não seria nada favorável para Marília que em um evento com Lula ela fosse vaiada e essas vaias fossem confundidas como sendo para Lula (fato que já aconteceu em julho).

    Todo cuidado é pouco. Mas ninguém duvida que Lula está vindo em um momento bem diferente do que foi em 2006 quando conseguiu unificar todos em torno do nome de Eduardo Campos.

Senador Jarbas Vasconcelos declara apoio a Raquel Lyra.



    O Senador Jarbas Vasconcelos (MDB) formalizou nesta quarta (05) seu apoio à candidatura ao Governo do Estado de Raquel Lyra no segundo turno das eleições em Pernambuco. 

   "A ex-prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, teve uma sólida e reconhecida gestão na capital do agreste. É moderna, socialmente justa, preparada, ética e realizadora. Sua presença no segundo turno nos oferece uma opção segura para o governo de Pernambuco nos próximos quatros anos. Raquel Lyra é neta, sobrinha e filha de amigos fraternos de resistentes lutas, e sua companheira de chapa, Priscila Krause, é diferenciada, filha de um amigo da vida inteira, e exemplo de espírito público, Gustavo Krause. Elas são as minhas candidatas para a eleição do próximo dia 30 de outubro”, afirmou o senador pernambucano.

Debandada: ex-prefeita de Jupi, Celina Brito, que apoiou Marília Arraes no 1 turno, adere o tsunami roxo de Raquel Lyra no 2 turno.





    Na manifestação de apoios aos candidatos a governador em disputa no segundo turno em Pernambuco, a candidata do Solidariedade, Marília Arraes, começou a perder apoios políticos, a ex-prefeita de Jupi, Celina Brito, do Republicanos.

    Há pouco, logo após o prefeito Marcos Patriota, do PSB, comunicar que estará no palanque de Raquel Lyra, candidata ao Governo pelo PSDB, Celina anunciou que mudou de lado, saindo do bloco de apoio à Marília para Raquel, aderindo a onda roxa que invadiu o estado. O que se escuta nos bastidores da política Pernambucana, é que os pernambucanos não querem mais Campos e Arraes em Pernambuco. Vamos aguardar o desenrolar desse 2 turno, que está só começando.

Felipe Alecrim declara apoio a candidatura de Raquel Lyra.

 


     O vereador do Recife Felipe Alecrim (PSC) declarou que neste segundo.turno estará apoiando o projeto para um novo Pernambuco, apresentado por Raquel Lyra e Priscila Krause 45.

      Felipe segue com meu grupo político e com seus propósitos, que o motivaram a entrar na vida pública, lutando pelo direito a vida, pelas famílias e valores Cristãos, contra a corrupção e em favor dos mais necessitados, combatendo a desigualdade social.

    “Neste segundo turno vou apoiar o projeto para um novo Pernambuco apresentado por Raquel Lyra e Priscilla Krause 45. Raquel e Priscila reúnem as condições necessárias para fazer as mudanças estruturais que Pernambuco tanto precisa", declarou o vereador.

Em mensagem nas redes sociais, Miguel reafirma compromisso de eleger Raquel Lyra e Priscila Krause.

 


    O ex-prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, divulgou uma mensagem nas redes sociais na manhã desta quarta-feira (05) para agradecer os mais de 884 mil votos recebidos na eleição do primeiro turno para o Governo de Pernambuco. Ele também reforçou seu compromisso de se dedicar na eleição de Raquel Lyra e Priscila Krause para governadora e vice do estado.

    Na mensagem ao povo pernambucano, Miguel lembrou que fez uma campanha limpa e propositiva. Para o ex-prefeito, agora é hora de seus apoiadores olharem para a frente e se unirem em torno do projeto de recuperar Pernambuco junto com Raquel e Priscila, que reúnem as melhores condições, propostas e competência para governar Pernambuco após oito anos de crise.

    “Não tem derrota, não tem tristeza. Tem a alegria de a gente saber que travou o bom combate, que levamos boas propostas e ideias para Pernambuco. Agora, estaremos firmes ajudando Raquel Lyra no segundo turno para que ela possa ser a nova governadora e com isso liderar o nosso estado para sair desse atraso, sair do passado e ir com destino ao futuro”, garantiu.

Ibaneis sela apoio a Bolsonaro no segundo turno em reunião no Alvorada.



    O governador do DF Ibaneis Rocha (MDB), reeleito em primeiro turno, selou o apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno durante café da manhã no Palácio da Alvorada na manhã desta quarta-feira (5/10). No DF, Bolsonaro teve 51,6% dos votos, e Lula, 36,8% no primeiro turno.

    "A gente tem conseguido trabalhar na cidade em plena harmonia. Nada mais natural que esse apoio, agora, no segundo turno ao presidente Bolsonaro”, disse Ibaneis durante coletiva de imprensa ao lado da vice-governadora eleita, Celina Leão (Progressistas).

    Bolsonaro agradeceu o apoio e lembrou que durante o primeiro mandato os dois trabalharam juntos. "A gente costuma dizer que o DF e o Brasil se misturam. Eu estou no Brasil e no DF. Nosso governador teve muita harmonia conosco durante esses quatro anos de governo e, se Deus quiser, com nossa reeleição, continuaremos trabalhando nessa harmonia em prol do Brasil e do DF", disse.

    O presidente apoiou a candidatura de Ibaneis ao governo do DF e a da ex-ministra Flávia Arruda (PL) ao Senado. Ela, no entanto, não foi eleita. A vaga foi preenchida pela ex-ministra Damares Alves (Republicanos), que também é próxima de Bolsonaro.

    O MDB, partido de Ibaneis, irá liberar os diretórios estaduais para apoiar Bolsonaro ou o ex-presidente Lula (PT) no segundo turno. Simone Tebet, candidata pela legenda, deve anunciar apoio ao petista ainda nesta quarta. De acordo com Ibaneis, Tebet não chegou a falar com ele. "Neste momento, ela vai tomar uma decisão mais uma vez isolada de seguir essa linha se ela for apoiar o presidente Lula", afirmou. A senadora conseguiu 4,9 milhões de votos (4,1%) no primeiro turno.

    O governador do DF é mais um, eleito em primeiro turno, a declarar apoio a Bolsonaro no segundo turno. Além dele, também anunciaram que estarão com Bolsonaro o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), do Acre, Gladson Cameli (PP), do Mato Grosso, Mauro Mendes (União Brasil), e do Roraima, Antonio Denarium (PP). Também anunciou apoio o governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), derrotado em primeiro turno.

Campanha de Raquel Lyra quer adiar o início do guia eleitoral em razão do luto da candidata.

 


    Uma audiência pública foi realizada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) na manhã desta quarta-feira (5). A propaganda eleitoral começa na próxima sexta-feira (7) e começa com a candidata ao Governo do Estado vencedora no primeiro turno. No caso, seria a coligação Pernambuco Na Veia liderada pela candidata ao Governo, Marília Arraes (Solidariedade).

    Durante a audiência, o advogado da coligação formada por PSDB, PRTB e Cidadania, Tulio Vilaça, levantou a possibilidade de adiar o início da propaganda eleitoral em razão do luto da candidata Raquel Lyra (PSDB), que perdeu o seu marido Fernando Lucena no último domingo após mal súbito. O jurídico da postulante defendeu que a propaganda somente tivesse início na próxima segunda-feira para respeitar o momento vivido pela postulante.

    O advogado da coligação Pernambuco na Veia, Erick Almeida, opinou que não haveria previsão jurídica para o adiamento e que levaria a questão para a coordenação política da campanha. "Eu entendo que, em que pese a gente entender todo o luto e situação delicada, a legislação eleitoral não permite. Os prazos são específicos em resolução e legislação e não tem previsão jurídica neste sentido, mas, como é uma decisão política, teria que levar isso para a coordenação política para fazer a avaliação", afirmou.

    O representante do procurador-regional eleitoral afirmou que seria necessário fazer um requerimento por escrito para ser analisado de acordo com a legislação eleitoral.

    Apesar de ter levantado a hipótese, o jurídico da campanha de Raquel Lyra não entrou com um pedido formal de adiamento do guia eleitoral. A Justiça Eleitoral obedece prazos específicos definidos em lei e somente poderia decidir sobre o tema a partir de uma provocação formal.

    Na eleição de 2014, o presidente nacional do PV e candidato a presidente na época, Eduardo Jorge, teve seu pedido de adiamento do início do guia eleitoral negado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O pedido argumentava que o adiamento seria necessário para permitir que a coligação de Eduardo Campos pudesse adaptar os programas que seriam veiculados. Campos tinha falecido poucos dias antes em acidente aéreo no litoral paulista.

    Na época, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Dias Toffoli, afirmou que não seria possível adiar o início da propaganda com base em um pedido individual de um candidato ou coligação.


Republicanos, presidido por Wanderley Tavares, foi o grande vencedor dessas eleições no DF.

 


    O xadrez político de Brasília é um jogo difícil, requer muita estratégia e habilidade, principalmente na hora de alavancar candidaturas majoritárias. Esse desafio foi enfrentado com muita inteligência, estratégia e articulação pelo presidente do Republicanos, no Distrito Federal, Wanderley Tavares, ao bancar a candidatura de Damares Alves ao Senado. Ela foi eleita com 44,98%, tornando-se a terceira senadora mais votada da história do DF.

    Considerado no meio político como um homem discreto, inteligente e articulado, Tavares moveu “montanhas” para bancar a candidatura da ex-ministra, enfrentou caciques da política local e desenvolveu estratégia vitoriosa que elegeu, além da senadora, três deputados federais e um distrital.

    Antes mesmo da ex-ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, ser anunciada pela primeira vez como a candidata do Republicanos ao Senado, em abril, Tavares enfrentou uma dura batalha com caciques da política local, como José Roberto Arruda, e nacional.

    Há quatro anos, Arruda fazia movimentos para lançar sua esposa, Flávia Arruda, ao Senado. Coube a Tavares defender Damares perante o clero político, atestando que a ex-ministra da Mulher Família e Direitos Humanos era a melhor opção, pela experiência de mais de 20 anos como assessora no Congresso Nacional, no ministério e por ser uma grande representante do conservadorismo e do bolsonarismo no DF.

    As discussões chegaram à esfera nacional, por causa da forte ligação de Damares com o presidente Bolsonaro, de quem é fiel escudeira, e da forte amizade com a primeira-dama Michelle Bolsonaro. Depois de muita articulação, Wanderley conseguiu anunciar a aliança, tendo Ibaneis como candidato à reeleição para o governo do DF, Celina Leão, como vice-governadora e Damares candidata ao Senado.

    O anúncio foi bastante prestigiado com a presença dos presidentes nacionais do Republicanos, Marcos Pereira, e do Partido Progressistas, Ciro Nogueira. Mas, uma semana depois, após uma articulação política partidária do PL, Bolsonaro se viu pressionado e obrigado a retirar a candidatura da Damares. Sem resistência e mostrando muita fidelidade, Damares atendeu imediatamente o pedido do presidente da República. A partir daí, começou uma verdadeira via crucis para Tavares conseguir colocar DAMARES na disputa novamente. Depois de muita insistência, ele conseguiu a liberação do presidente Bolsonaro.

    Além do sucesso na eleição majoritária, as estratégias e a articulação do comandante do Republicanos local contribuíram para a eleição de três deputados federais: Fred Linhares, Júlio César Ribeiro e Gilvan Máximo e um distrital Martins Machado. O partido Republicanos cresceu nessas eleições e, com a expressiva representação na Câmara dos Deputados, terá protagonismo na bancada do DF. O lançamento da candidatura de Fred Linhares, apresentador de TV, à Câmara dos Deputados foi desenhado por Wanderley Tavares, após o sucesso de iniciativa semelhante em outro capital.

    Diante desse quadro, o presidente Bolsonaro e o governador Ibaneis Rocha terão fortes aliados no Congresso Nacional que contribuirão com as pautas do governo federal e destinarão recursos para obras e projetos em áreas essenciais como saúde, segurança, educação e transporte no Distrito Federal.

De Brasília, Luiz Carlos Belém, faz resumo do 1 turno.

 


    Luiz Carlos Belém afirma que a vitória de Bolsonaro já aconteceu. Sua missão junto ao voteja.net tinha como objetivo mudar o Congresso, além da reeleição. Belém diz que, para uma boa obra, é preciso ter uma boa base e isso foi feito. Quanto ao segundo turno, ele garantiu que o presidente está muito seguro e confiante, "é uma nova eleição", afirma. Perguntado sobre o segundo turno em Pernambuco, ele falou que não podemos deixar de modo algum esse grupo no poder: "Pernambuco tem pago muito caro pela ineficiência dos grupos de esquerda ao ponto de ter o pior governador do Brasil, em conversa com o líder jovem de Pernambuco, o jornalista e jurista, Mário Filho e apoiador de Raquel Lyra e Priscila Krause de primeira ordem, nosso grupo "união Brasil", apoiará Raquel Lyra que, em nível de gestão, não pode ser comparada".

    Para finalizar, perguntei quando ele estará de volta à terrinha para juntar a direita que mais uma vez não atingiu seus objetivos, "estou numa missão do presidente, depois da reeleição tirarei umas férias e vou cuidar dos meus negócios, meu foco é esse" conclui Belém. Só para lembrar, Belém é o responsável pela coordenação do Projeto União Brasil, que tem o voteja.net como ferramenta, ele participou ativamente da eleição de Damares Alves no DF, ajudou em São Paulo, Paraná, Rondônia, Rio grande do Sul, Rio de Janeiro, além do Capitão Contar no Mato Grosso do Sul, que era o 4º colocado e foi em primeiro lugar para o segundo turno.

Prefeito de Barra de Guabiraba, Diogo, reforça time de Raquel Lyra e Priscila Krause.

 


    O prefeito de Barra de Guabiraba, Diogo, formalizou hoje apoio a candidatura de Raquel Lyra ao Governo de Pernambuco. Diogo foi recebido pela candidata a vice-governadora Priscila Krause.

Raquel Lyra e Priscila Krause recebem verdadeira onda de apoios políticos.



    A candidata ao governo, Raquel Lyra, e a sua vice, Priscila Krause, têm recebido, desde o último domingo (02), uma verdadeira onda de apoios políticos vindos de todas as regiões do Estado. Todos reforçam que Raquel representa a verdadeira mudança para Pernambuco.

    Ainda no domingo, pouco antes da apuração final das urnas, o então candidato ao governo, Miguel Coelho, afirmou em coletiva de imprensa que irá apoiar e votar em Raquel Lyra. Ontem, também em declaração à imprensa, o deputado federal eleito, Mendonça Filho – aliado de Miguel no primeiro turno -, também disse que vai caminhar com Raquel. “Pernambuco deu o recado de que quer mudança. E nosso grupo político está junto de Raquel”, declarou.

    Outros candidatos que saíram vitoriosos das urnas e aqueles que não alcançaram a eleição também já reforçaram, inclusive em atos que reuniram os seus grupos políticos, que vão trabalhar para eleger Raquel Lyra. Prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças que antes estavam em grupos opostos, confirmam que Raquel é a mais experiente, preparada, e a que tem os melhores projetos para Pernambuco. Todos declaram voto no 45.

    A expectativa é de que novos apoios e importantes apoios continuem a ser anunciados ainda hoje.

Prefeita de Catende, Dona Graça, reafirma o compromisso com Raquel Lyra nesse 2 turno. "Catende está fechada com Raquel."

 



    A prefeita com maior aprovação da Mata Sul, Dona graça, prefeita de Catende, reafirmou o compromisso com Raquel Lyra nesse 2 turno e disse: "como fizemos nesse 1 turno, com Raquel sendo majoritária em Catende, vamos aumentar essa votação."

    Vale lembrar, que Dona Graça Braz tem uma gestão aprovada por mais de 87% dos catendenses. 

    O secretário de governo, Rilton Braz, diz que com trabalho e cuidado com as pessoas, tudo funciona melhor. "Catende vive desde o primeiro dia que a prefeita Dona Graça assumiu, um verdadeiro canteiro de obras, tendo o cuidado com as pessoas como prioridade, essa parceria entre população e gestão, é o que nos torna a gestão mais bem avaliada na Mata Sul. Por isso conseguimos dar a votação majoritária para todos os nossos candidatos, e agora no 2 turno, vamos aumentar a votação de Raquel Lyra 45 em Catende e em toda Mata Sul."

Movimento mais importante do início do segundo turno é o apoio de Miguel Coelho a Raquel Lyra.

 


     O movimento mais importante deste primeiro momento do segundo turno das eleições em Pernambuco aconteceu na noite de domingo, ainda antes da totalização dos votos. Em um gesto de largueza política, Miguel Coelho não esperou o resultado final para anunciar, em coletiva de imprensa, que apoia Raquel Lyra para governadora do Estado.

     A firmeza da decisão posiciona Miguel como um apoio essencial para a vitória de Raquel. Miguel saiu das urnas como uma nova e promissora liderança estadual, com 18% das intenções de voto, matematicamente empatado com Anderson Ferreira e Danilo Cabral e há apenas dois pontos percentuais da própria Raquel Lyra. E mais: tem um invejável capital político no Sertão do São Francisco, sobretudo em Petrolina, cidade que administrou e onde obteve 73,41% dos votos.

     Quem faz análise política também aponta que Miguel tem voto duro, com eleitores fiéis que seguem a sua orientação. Ou seja, o poder de transferência será imenso.

    Ele traz a força também dos Coelho, formado pelo deputado estadual Antônio Coelho, pelo deputado federal Fernando Filho e pelo senador Fernando Bezerra Coelho.

   Informações de bastidores dizem que Miguel já falou que “vai dar a carga toda”, envolvendo todo o grupo político de prefeitos, vereadores e lideranças em todas as regiões.

Joaquim Neto, com excelente poder de articulação, vem trazendo vários prefeitos e vereadores do Agreste para apoiar Raquel Lyra e diz: "Raquel Lyra está pronta, Pernambuco vai ganhar uma gestora".




    “Raquel está pronta para ser a melhor governadora da história de Pernambuco.” Joaquim Neto, que vem mostrando seu poder de articulação, e vem trazendo vários prefeitos e vereadores para fortalecer a candidatura de Raquel Lyra nesse 2 turno.

    Joaquim Neto disse ainda: “Raquel Lyra é uma pessoa que se comunica muito bem. Que vem de uma história, de uma conduta ilibada. É filha de um grande político, sério, João Lyra. É sobrinha de um grande político muito sério, Fernando Lyra. Já foi deputada, já teve sua participação na vida pública como procuradora e delegada da Polícia Federal. Raquel Lyra está pronta para este desafio”, destacou.

Deputado Fernando Filho declara apoio e diz que Raquel será a governadora de todos os pernambucanos.

 


    Eleito com 155 mil votos para o quinto mandato na Câmara Federal, o deputado Fernando Filho declarou apoio à candidata ao governo do estado Raquel Lyra. Após agradecer a expressiva votação que recebeu em todo o estado, ele afirmou que seguirá a orientação do candidato Miguel Coelho de trabalhar para eleger Raquel no segundo turno das eleições.

    “Que as primeiras palavras sejam de gratidão pela expressiva votação que tivemos em todo o estado. Quero agradecer a vocês que confiaram no nosso projeto. Agora é um novo momento. E, seguindo a orientação do nosso candidato Miguel Coelho, nesse segundo turno, marcharemos para poder fazer Raquel Lyra a nossa governadora, a governadora de todos os pernambucanos. Por isso, eu peço a todos vocês, das mais diversas regiões de Pernambuco que apostaram no nosso projeto, que possam nos ajudar nesse segundo turno a eleger Raquel Lyra como a nossa governadora. Vamos à vitória”, disse o deputado.

    Logo após o resultado das eleições, no domingo (02), Miguel Coelho declarou apoio à candidata Raquel Lyra em coletiva de imprensa. Com a decisão, todo o grupo político de Miguel, que reúne 28 prefeitos e centenas de lideranças em todas as regiões, deve reforçar a campanha pela eleição de Raquel para o governo de Pernambuco.

Luciano Bivar agradece aos pernambucanos após reeleição para deputado federal.

 


    Reeleito deputado federal nas eleições do último domingo (02/10) com 74.425 votos, Luciano Bivar fez questão de agradecer aos pernambucanos por mais esse voto de confiança. O presidente nacional do União Brasil também reforçou o empenho que vai dispor para defender as propostas e bandeiras para melhorar a vida da população, como o imposto único.

    “Obrigado a todos os pernambucanos por cada um dos votos que recebi. Vocês são meu combustível, a certeza no meu coração de que vale a pena lutar pelo que acreditamos”, destacou Bivar.

    Além do imposto único, Luciano Bivar também voltou a enaltecer a luta pela democracia. “Assumo a responsabilidade de lutar por um Pernambuco mais forte, servindo de voz para os pernambucanos em Brasília e defendendo grandes causas como o imposto único, que vai mudar a vida dos brasileiros. Da mesma forma, a defesa da democracia, valorizando nossos valores e nossa história”, enfatizou Bivar.

O favoritismo de Raquel Lyra, nesse 2 turno, já é perceptível, e a quantidade de apoios que está recebendo é surpreendente.

 


    Enquanto Raquel Lyra vive o seu período de luto, quem toca sua campanha é a candidata a vice-governadora, Priscila Krause (Cidadania), e vem recebendo vários apoios, algo considerado surpreendente no meio político.

    Um desses apoios, o ex-prefeito de Petrolina e que obteve quase 900 mil votos para o governo, Miguel Coelho, já declarou o apoio e disse: 'É quem eu acredito que tem todas as condições de liderar o nosso estado'.

    Vem recebendo apoio de vários prefeitos e vereadores de todo o estado, e mais importante, da maior parte da população, que quer Raquel Lyra governadora de Pernambuco.

Priscila Krause fala sobre o 2° turno em Caruaru. A candidata a vice-governadora de Raquel Lyra falou sobre o resultado.




    Após o resultado que garantiu a presença da candidata Raquel Lyra (PSDB) no segundo turno das eleições para o Governo do Estado, sua candidata a vice, Priscila Krause, falou com a imprensa e se emocionou ao falar da companheira de chapa - cujo o marido, Fernando Lucena, faleceu ontem de manhã. “Agora, a gente tem que pedir muito a Deus que dê o conforto que Raquel, João e Nando (filhos do casal) precisam. Acolher da melhor forma que a gente possa fazer. Por outro lado, isso mostra o quanto somos pequenas diante da vida e que precisamos sempre nos render aos desígnios de Deus”, disse ela.

    Priscila ainda fez uma avaliação da campanha de primeiro turno: “No último ano, Raquel percorreu o Estado inteiro em uma construção política que nos levou até onde estamos hoje. Muitos não acreditavam onde chegaríamos. É inédito, até no Brasil, uma chapa com duas mulheres”. Em relação à campanha a partir de agora, a candidata fez questão de ressaltar que "no momento que Raquel se pronunciar, dentro dos próximos dias, ela vai trazer para Pernambuco, os direcionamentos e diretrizes que a nossa campanha vai tomar e que vamos seguir, a partir de agora”.

    Vamos definir como será feito para que a gente continue levando a esperança de um momento melhor e de um Estado com mais oportunidade. A campanha é mais equilibrada no segundo turno, quando o tempo de televisão é igual e com a possibilidade de uma comparação mais direta, por parte do eleitor, das candidatas que se apresentam”, explicou. A gente vai poder continuar mostrando quem é Raquel, como ela pode governar e já o fez.

DEPUTADOS FEDERAIS ELEITOS PE: Quem ganhou para deputado em Pernambuco? Veja o resultado das eleições 2022 para deputado federal.

 




Confira o nome dos deputados federais eleitos por Pernambuco:



André Ferreira (PL)




Clarissa Tércio (PP)




Pedro Campos (PSB)




Silvio Costa Filho (REP)




Fernando Filho (UB)




Waldemar Oliveira (AVANTE)




Tulio Gadelha (REDE)




Carlos Veras (PT)




Eduardo da Fonte (PP)




Clodoaldo Magalhães (PV)




Maria Arraes (SD)




Iza Arruda (MDB)




Pastor Eurico (PL)




Eriberto Medeiros (PSB)




Fernando Monteiro (PP)




Augusto Coutinho (REP)




Lula da Fonte (PP)




Guilherme Uchoa Junior (PSB)




Lucas Ramos (PSB)




Coronel Meira (PL)




Felipe Carreras (PSB)




Mendonça Filho (UB)




Luciano Bivar (UB)




Fernando Rodolfo (PL)




Renildo Calheiros (PC do B)

DEPUTADOS ESTADUAIS ELEITOS PE: Quem ganhou para deputado em Pernambuco? Veja o resultado das eleições 2022 para deputado estadual.




Confira o nomes dos deputados estaduais eleitos em Pernambuco:

Pastor Junior Tercio (PP)

Coronel Alberto Feitosa (PL)

Delegada Gleide Ângelo (PSB)

Eriberto Filho (PSB)

Antonio Coelho (UB)

Rodrigo Novaes (PSB)

João Paulo (PT)

Gilmar Junior (PV)

Francismar (PSB)

Gustavo Gouveia (SD)

Romero Sales Filho (UB)

Chaparral (UB)

Doriel (PT)

Aglailson Victor (PSB)

Luciano Duque (SD)

Danilo Godoy (PSB)

Wilian Brigido (REP)

Antonio Moraes (PP)

Claudiano Filho (PP)

Simone Santana (PSB)

Débora Almeida (PSDB)

Jefferson Timoteo (PP)

Pastor Cleiton Collins (PP)

France Hacker (PSB)

Adalto Santos (PP)

Joaquim Lira (PV)

Mario Ricardo (REP)

Romero Albuquerque (UB)

Renato Antunes (PL)

Alvaro Porto (PSDB)

Rodrigo Farias (PSB)

Waldemar Borges (PSB)

Abimael Santos (PL)

Sileno Guedes (PSB)

Henrique Queiroz Filho (PP)

José Patriota (PSB)

Jarbas Filho (PSB)

Fabrizio Ferraz (SD)

Diogo Moraes (PSB)

Rosa Amorim (PT)

Roberta Arraes (PP)

Dani Portela (PSOL)

Joel da Harpa (PL)

João Paulo Costa (PC do B)

Socorro Pimentel (UB)

João de Nadegi (REP)

Joãozinho Tenório (PATRIOTA)

Izaias Regis (PSDB)

Nino de Enoque (PL)

Pesquisar este blog

Eriberto Medeiros recebe medalha da Polícia Civil em reconhecimento aos serviços prestados à corporação.

       O presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado Eriberto Medeiros (PSB), foi homenageado pela Polícia Civil, recebendo...