Ministro Gilson Machado cumpre agenda na Espanha e acompanha remotamente filiação do presidente Bolsonaro ao PL 22


Por: Vital Flôrencio

    O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, acompanhou atentamente a cerimônia de filiação do presidente Jair Bolsonaro ao Partido Liberal (PL) de forma remota. O ministro não participou do evento devido à viagem para Madrid, capital da Espanha, onde integra a mais importante reunião de Turismo do mundo, na Assembleia Geral da Organização Mundial de Turismo (OMT). Gilson Machado Neto lamentou a ausência no evento, mas informou que acompanhou atentamente ao desdobramento da cerimônia. “Eu conversei com o presidente Bolsonaro e ele entendeu a importância de eu estar aqui neste evento. Faz mais de seis meses que estava agendado. A minha presença nesta agenda em Madri é crucial para o turismo brasileiro em momento tão importante para o nosso país. Ficar de fora deste encontro seria um prejuízo enorme para o Brasil. Continuamos trabalhando intensamente para recuperar a imagem do nosso país aqui fora e vamos anunciar bons resultados. Parabenizo o presidente pela filiação”, ressaltou o ministro.

    A visita a Madri também destaca outros segmentos do setor como educação online, desenvolvimento rural e o papel do turismo no crescimento inclusivo. Vale destacar que em junho, o Brasil foi reeleito para representar a região das Américas no Conselho Executivo da OMT. Participar desse Conselho é integrar um seleto grupo de nações que conquistou uma cadeira na direção da entidade e, com isso, liderará a agenda de recuperação do setor. “Será a oportunidade de finalizar as tratativas para trazer o escritório da OMT para o Brasil, que será um marco para nosso turismo e para nossa economia”, disse o ministro.

Com filiação de Bolsonaro, comando do PL 22 em Pernambuco, deverá ficar a cargo do ministro Gilson Machado.



    O ministro Gilson Machado, que tudo indica, assumirá o PL em Pernambuco. O presidente Jair Bolsonaro já acenou a possibilidade de Gilson Machado ser seu candidato ao Senado em Pernambuco. Lembrando que no dia 17/12, os presidentes dos diretórios regionais do PL, se reuniram em Brasília, e deram ao presidente nacional da legenda, Valdemar Costa Neto, "carta branca" para acertar com Jair Bolsonaro os termos da filiação do presidente da República ao PL 22.

    O presidente Jair Bolsonaro no dia 21/07, em entrevista, disse que o ministro do Turismo, Gilson Machado, tem interesse em concorrer a uma vaga no Senado Federal em 2022 por Pernambuco, e que lideres pernambucanos, já estariam se articulando para uma possível candidatura do ministro para o governo de Pernambuco.

    Mas nos bastidores da política pernambucana, já se fala na possível filiação da deputada estadual, Clarissa Tércio ao Partido Liberal 22, para disputar o governo do estado, tendo como um possível vice, Robson Ferreira, e o ministro Gilson Machado concorrendo ao senado.

    Vamos aguardar o desenrolar dessa história.

Eleições 2022: Bolsonaro se filia ao PL.

 


    O presidente Jair Bolsonaro se filia ao Partido Liberal 22. A cerimônia de filiação foi no Palácio do Planalto.

Bolsonaro se filia hoje ao PL.




A filiação do presidente Jair Bolsonaro ao Partido Liberal (PL) será oficializada, hoje, dia 30 de novembro, às 10h30.

O evento ocorrerá em Brasília, no Complexo Brasil 21, região central da capital.

A filiação de Bolsonaro ao PL deveria ter ocorrido no último dia 22, mas foi adiada de comum acordo entre as partes por causa de indefinições sobre a composição dos palanques estaduais nas eleições do ano que vem. A principal demanda de Bolsonaro é garantir uma candidatura própria do partido ao governo de São Paulo e Pernambuco. Em Pernambuco, o candidato do presidente Bolsonaro deverá ser o ministro Gilson Machado como candidato ao Governo ou Senador.

Eleições 2022: PT negocia federação partidária com PCdoB e PSB

    Para tentar garantir antecipadamente um palanque sólido para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na eleição do ano que vem, lideranças do PT passaram a costurar a formação de uma federação partidária com PSB e PCdoB. Se consolidado, o movimento criaria um fato político relevante para o petista ainda no primeiro trimestre de 2022.

    Em setembro deste ano, o Congresso derrubou o veto do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao projeto de lei que permite aos partidos se reunirem em federação. Pelo texto aprovado, as legendas são obrigadas a permanecer unidas por um período de quatro anos e teriam que atuar juntas nas esfera federal, estadual e municipal.

    O PT inicialmente descartou integrar alguma federação, mas nas últimas semanas parlamentares influentes da sigla passaram a costurar as conversas com os outros dois partidos sobre o tema. Na base petista, ainda há resistência e alguns parlamentares acreditam que teriam mais dificuldade para se eleger em caso da formalização da coligação com outras siglas.

    Pelo prazo estabelecido na lei, as federações precisam ser registradas até o início de abril, enquanto as coligações eleitorais podem ser formalizadas até o começo de agosto.

Previsão de 200 deputados

    Um dirigente envolvido nas discussões sobre a união dos três partidos de esquerda avalia que a federação poderia eleger até 200 deputados, o que daria a Lula, caso eleito, uma sólida base na Câmara. Hoje, as três legendas somam 92 parlamentares.

Pré-candidata ao governo do estado, Raquel Lyra, diz que é preciso governar junto com o povo.

 

    “É preciso governar junto com o povo, é preciso fazer radicalmente diferente de tudo o que foi feito no nosso estado até hoje. É preciso estar presente nas ruas, vendo de perto as dificuldades. Assim como venho ouvindo os problemas junto com o "Levanta Pernambuco", é preciso trazer as soluções dentro de um plano de Governo palpável e executável. De porta em porta, de bairro em bairro, na sua cidade. É preciso governar junto com você. Junto pela segurança, devolvendo a tranquilidade a nossa gente. Junto pela educação, garantindo creches e uma educação de qualidade. Junto pela saúde. Você sabe que eu estou preparada. Me preparei a vida inteira para isso. E eu quero estar junto com você”, disse Raquel Lyra.

Daniel Coelho diz que Raquel Lyra é o melhor nome para Governo do Estado.



    Para o deputado federal, Daniel Coelho (Cidadania), o nome da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB) é o nome mais forte e estratégico do campo opositor ao PSB na disputa para o governo do estado em 2022. Apesar de reconhecer o nome do prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira (PL), como nome igualmente bons para disputar com o candidato lançado pelo PSB, a afinidade com a prefeita Raquel Lyra faz Daniel apostar na tucana para o governo estadual.

    “Raquel votou em mim para deputado federal, a gente tem feito um trabalho em conjunto, eu acompanho o seu governo de perto, tenho certeza que ela é a candidata mais competitiva, mais forte desse conjunto”, afirmou.


Após fortes acusações de compra de votos, Doria vence prévias e é escolhido como candidato do PSDB à Presidência.

 


    Após fortes acusações de compra de votos, denunciado pela deputada federal Mara Rocha (PSDB-AC), que acusou a campanha de João Doria, governador de São Paulo, de tentar comprar seu voto e de vários filiados, Doria vence prévias e é escolhido como candidato do PSDB à Presidência.

    O governador de São Paulo, João Doria, venceu as prévias e foi escolhido, neste sábado (27), como candidato do PSDB para concorrer à Presidência da República nas eleições de 2022.

    Doria supera Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, e Arthur Virgílio, ex-prefeito de Manaus, após intensa e tumultuada disputa interna.

    A votação, que foi aberta novamente neste sábado por meio de um novo aplicativo, acontece após um provável ataque hacker que o partido foi alvo no último domingo (21), quando as prévias foram suspensas depois de erros no primeiro sistema utilizado pela sigla.

EXCLUSIVO!!! Prefeito de Tamandaré, Carrapicho, acusado de perseguição contra trabalhadores.

 


    Este blog recebeu de moradores de Tamandaré, vídeos onde o prefeito de Tamandaré, litoral sul de Pernambuco, onde, segundo o vídeo, o prefeito chega com máquinas e vários homens, intimidando mulheres e crianças. Uma das mulheres fala no vídeo que o prefeito quando era pobre, vivia com eles, agora se sente um Deus, está rico, não gosta mais de pobre. 

Vejam os vídeos, cenas de doer o coração:






Eleições 2022: O advogado pernambucano, André Fonseca, Cônsul do Gabão e Conselheiro Mundial em Israel, entra na disputa por uma vaga na Câmara Federal.

 


    O Cônsul da República Gabonesa – Gabão e Conselheiro Mundial do LIKUDSERBIA - Estado de Israel, advogado André Fonseca, se encontrou com o presidente estadual do Brasil 35, Tinho do Povo, na pauta, a conjuntura politica estadual e nacional. André Fonseca, conhecedor de todo Pernambuco e do Brasil, está visitando e se reunindo com lideranças do Estado, traçando metas para ser uma força para o desenvolvimento econômico e social do Estado de Pernambuco.
No encontro, André Fonseca falou que o fator determinante para se filiar ao Brasil 35, foi ver nomes de renome no estado compondo a chapa de pré-candidatos a federal.

    “Com muita honra disputarei um mandato para Deputado Federal no Brasil 35, coloco minha vasta experiência a serviço dos cidadãos pernambucanos.”, falou André Fonseca, terminou sua fala convidando o Presidente do Partido Brasil 35, Tinho do povo, para ser o Coordenador Geral de sua campanha eleitoral.

    Pelas suas histórias de luta e trabalho por Pernambuco, tanto o Dr. André Fonseca como o Presidente Estadual do Brasil 35, Tinho do Povo, consolidam uma receita de sucesso para despontar como um dos candidatos mais bem votado do Estado de Pernambuco na disputa para a câmara federal. "Será uma honra ter o Dr. André Fonseca em nossa legenda. Lutaremos juntos para garantir nossas cadeiras na câmara federal, se Deus permitir." falou entusiasmado com a nova filiação, Tinho do Povo.

Prego batido e ponta virada!!! Filiação de Bolsonaro ocorrerá na próxima terça-feira (30).

    O Partido Liberal (PL) confirmou em nota, que o presidente, Jair Bolsonaro, se filiará ao partido na próxima terça-feira (30). “A filiação do Presidente Bolsonaro ao PL será oficializada no próximo dia 30, 10h30, em reunião a ser realizada em Brasília, nas dependências do complexo Brasil 21”, diz a nota. 


PTB ingressa com uma ADI contra as federações partidárias no Brasil.


A Ação Direta de Inconstitucionalidade nº 7021, proposta pelo PTB, que questiona diversos dispositivos e pede, em medida cautelar, a suspensão da Lei nº 14.208/2021 e a consequente proibição das federações partidárias no Brasil.

Sob a relatoria do ministro Luís Roberto Barroso, foram requeridas informações dos Poderes Executivo e Legislativo no prazo de cinco dias, ao fim do qual caberá a ele e aos demais membros do STF decidir sobre a medida cautelar em questão.

Mais do que a mera constitucionalidade da Lei nº 14.208/2021, o que está em jogo na ADI nº 7021 é a possibilidade de flexibilização ou não da vedação das coligações proporcionais e a manutenção de todo esforço feito até aqui no sentido de racionalizar o nosso sistema político, com a diminuição no número de partidos e o consequente fortalecimento dos partidos remanescentes, para que sejam mais coesos e efetivamente representativos.

Além de inconstitucional por violar a Emenda Constitucional nº 97/2017 e representar uma tentativa de flexibilizar a vedação às coligações nas eleições proporcionais, também é preciso considerar que a Lei das Federações Partidárias viola frontalmente o princípio da autonomia partidária ao estabelecer a vinculação vertical e impositiva das federações a todos os diretórios estaduais, distritais e municipais dos partidos, subtraindo das instâncias inferiores o poder de decidir sobre os rumos do partido naquela localidade.


Moro evita falar sobre vice dos sonhos, mas rasga elogios a Mandetta.

 


    O ex-juiz Sergio Moro (Podemos), pré-candidato à presidência da República nas eleições do ano que vem, evitou falar sobre quem quer como vice em sua chapa durante a campanha eleitoral, mas, ao ser confrontado, não economizou elogios ao ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM). Ambos fizeram parte do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 

    "A tentação óbvia é você escolher um vice que possibilite que você ganhe as eleições, mas você também tem que ter uma responsabilidade com o país. O vice existe porque existe a possibilidade de acontecer uma coisa com o presidente e ele ter que assumir. Então, acho que a primeira decisão é ter um vice que tenha a capacidade de assumir o país, caso aconteça alguma coisa com o presidente."

Sergio Moro, durante entrevista ao site "O Antagonista"

A eleição do mau humor: altos índices de rejeição marcam corrida para 2022.


    Brasil periga eleger não o melhor ou o mais bem preparado candidato, mas aquele que for menos odiado pelos eleitores — e isso não é nada bom.

    Há um sentimento nacional de descrença, de desesperança. Mais do que votar em quem se quer na Presidência, o eleitor hoje pensa em quem ele não quer na Presidência. A eleição de 2022 vai ser motivada pelo ódio. O mau humor do eleitor decorre de uma combinação de fatores. Um deles — antigo e notório — é a insatisfação com a qualidade dos serviços públicos e com o descompasso existente entre o que a sociedade espera e o que os governantes fazem. 

    O ápice desse processo será a sucessão presidencial de 2022, considerada desde já por políticos e especialistas “uma eleição de rejeição”, em que deve se sagrar vencedor não necessariamente quem for menos repudiado pelo eleitor. 

    Nesse caso,  o governador Eduardo Leite (PSDB), levaria uma ligeira vantagem, pois ele tem uma gestão como bem avaliada, e que lhe traria uma baixa rejeição na disputa presidencial. 

PRESIDENTE DO BRASIL 35, TINHO DO POVO, VEM RECEBENDO VISITAS EM SUA SEDE EM PERNAMBUCO.

 


    Presidente do Brasil 35, Tinho do povo, vem recebendo visitas de lideranças políticas ligadas a oposição e situação, na esfera nacional. O motivo, é que o Brasil 35 está com uma chapa para a disputa de deputados federais competitiva, com ex-prefeitos e ex-deputados, chamando a atenção de fortes lideranças do estado. Uma proposta recente, foi o convite para assumir uma superintendência em Pernambuco a partir de janeiro, para seguir com o grupo ligado ao candidato a governador em Pernambuco, ligado ao presidente Bolsonaro. 

    Em conversa com Tinho do Povo, por telefone, perguntado sobre o assunto, ele falou: "De fato recebemos algumas propostas, mas o intuito do Brasil 35, é fazer deputados federais e estaduais, já estamos finalizando e fechando a chapa, por esse motivo, venho sendo procurado constantemente, mas não faço nada sozinho, preciso conversar com o grupo, conversar com a presidente nacional do Brasil 35, que não faço nada sem conversar com ela antes, ela é minha líder. No mais, vamos fortalecer ainda mais nosso partido, pois nossa meta é melhorar a vida das pessoas, através de políticas públicas e de fortalecimento das bancadas, com nomes comprometidos com o bem estar da população, esse é o espírito do Brasil 35."

Encontro de Tinho com Isabel Urquiza em Olinda.



Eleições 2022: Destino de Bolsonaro poderá ser o Republicanos.



    Em nova reviravolta sobre seu destino político, o presidente Jair Bolsonaro colocou em dúvida neste domingo, dia 14, sua filiação ao Partido Liberal (PL). "(A filiação) só vale depois que eu assinar embaixo", disse Bolsonaro neste domingo, durante visita à feita Dubai Air Show, nos Emirados Árabes Unidos.

    Estive conversando, por telefone, com um amigo e missionário da Igreja Universal e ligado ao Bispo Edir Macedo, ele me informou que Bolsonaro teve uma conversa durante a semana com o presidente nacional do Republicanos, deputado Marcos Pereira, e que vários parlamentares da base aliada do governo Bolsonaro são filiados ao Republicanos e que estão animados com a possível filiação de Bolsonaro ao Republicanos.

    Conversei também com o assessor do ministro Bolsonarista, ele falou que o presidente está balançado, e tudo indica que ele se filie ao Republicanos já na próxima semana. A legenda é ligada à Igreja Universal do Reino de Deus e presidida pelo deputado Marcos Pereira.

    Vamos aguardar os próximo capítulos!!!






 

Priscila Krause acompanha Raquel Lyra em andanças pelo Estado de Pernambuco.


    Durante o primeiro debate temático do movimento "Levanta Pernambuco", a presidente estadual do PSDB e prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, abordou os desafios que a Educação enfrenta no Estado. A pré-candidata ao Governo defendeu diálogo com os municípios e que a administração de Pernambuco atente para alunos e professores.

    “Não vamos sair desta crise se não tivermos estratégias muito claras que direcionem para onde vamos. Essa tarde de escuta e diálogo mostrou que o nosso movimento está no caminho certo. Não há outra forma de fazer o futuro se não for através da educação. O Estado precisa enxergar os municípios, os estudantes e professores”, disse a tucana, ontem, no Recife.

    Estiveram no encontro: o ex-governador João Lyra Neto, a deputada estadual Priscila Krause e o vereador do Recife Alcides Cardoso (ambos do DEM); o secretário de Educação e Esportes de Caruaru, João Paulo Cepa; a secretária de Educação de Jaboatão dos Guararapes, Ivaneide de Farias Dantas; a secretária de Educação de Vicência, Eliane Silveira; professores, acadêmicos, empresários, gestores e universitários.

    De saída do DEM, Priscila Krause também falou de forma genérica sobre o Levanta Pernambuco, que congrega PSDB, PL, Cidadania e PSC: “Como é importante o que estamos nos propondo, andar esse estado e muito mais do que falar, ouvir. Esse foi um momento fundamental para quem faz a política como a gente faz e para quem acredita que podemos transformar a realidade com a política de maneira efetiva e afetiva.”

    O movimento reuniu professores, gestores escolares, estudantes, especialistas na área e representantes da sociedade para discutir a situação da Educação, dando oportunidade para que eles falassem e debatessem o assunto, em um revezamento numa mesa ao centro da sala.

    Quem também vem acompanhando a comitiva de Raquel Lyra é a prefeita de Catende, Dona Graça, seu esposo e ex-deputado estadual, Rildo Braz, e o secretário de Governo de Catende, Rilton Braz, que aliás, vem tendo uma desenvoltura em excelência a frente da pasta, sendo considerado o melhor articulador político da mata sul atualmente.

Causa animal: Prefeita de Catende, Dona Graça, entrega rações para cães e gatos.

 

Prefeita de Catende, Dona Graça, em ato de amor aos animais.


   Prefeita de Catende, Dona Graça, realizou a entrega de 15 sacos de rações para ONG PCA Catende que abriga animais abandonados. É o fruto de uma parceria realizada entre o município de Catende e a ONG PCA.

    Dona Graça,  falou da importância com a causa animal: "Estamos buscando formas de ajudar cada vez mais, disponibilizamos alimentação para garantir aos animais uma qualidade de vida melhor. É inexplicável o sentimento de poder ajudar nessa causa."

    Parabéns, prefeita Dona Graça!!! Além de cuidar muito bem dos catendenses, não esqueceu a causa animal. Como diria o ditado: "ninguém fica pra trás na gestão de Dona Graça, todos são respeitados e cuidados."

Os animais de estimação, em muitos lares, são considerados membros da família.

AJUDE VOCÊ TAMBÉM A ONG PCA CATENDE!

Ajude os voluntários da ONG PCA Catende / PE, que cuidam dos animais de rua, abandonados, maltratados e até mesmo assassinados pelos humanos.

    Entre em contato pelo telefone ou WhatsApp: 81.991151057, se preferir deposite sua colaboração em dinheiro em nome da ASSOCIAÇÃO PROTETORA DOS CÃES ABANDONADOS DE CATENDE - PE -BANCO: Caixa Econômica Federal - AGÊNCIA: 4754 - OPERAÇÃO: 013 CONTA: 9181-5.








Faleceu, em Palmares, o professor Douglas Miranda Marques, diretor e proprietário da Rádio Cultura dos Palmares.

 

Professor Douglas Miranda Marques
Diretor/Presidente

    Foi com pesar que recebi a notícia do falecimento do Professor Douglas Miranda Marques, diretor e proprietário da Rádio Cultura dos Palmares. Ele esteve mais de 30 anos à frente da Rádio Cultura dos Palmares, considerada uma das mais importantes do estado, e realizou um trabalho social muito importante junto ao povo de Palmares e toda Mata Sul! 
    Pelo legado que deixa e por tudo que fez, não podemos deixar de ressaltar esse homem tão querido e respeitado por todos.

Que Deus dê forças e conforte seus familiares e amigos. Meus sinceros sentimentos a todos!


HISTÓRIA 

    A RÁDIO CULTURA DOS PALMARES, "A Maior Audiência da Região da Mata Sul", conta com a melhor equipe de comunicadores e uma programação de alta qualidade que atende a todos os gostos, todos inspirados no seu fundador, radialista PAULO SIQUEIRA MARQUES, tornado realidade pelo seu filho, radiodifusor e professor DOUGLAS MIRANDA MARQUES.
   Nos tempos áureos, o "cast" da Cultura chegou a reunir inúmeros integrantes em sua equipe, a exemplo de Evaldo Ferreira, Jonas Silva, Marcelino Neto, Ubiracy Lyra, Jader de Oliveira que também atuaram nas emissoras de rádio e televisão de Pernambuco. Um registro especial ao técnico José Gláucio Mendes Martins (Duda) que instalou esta emissora e ainda hoje continua com a sua assessoria técnica juntamente com o seu filho Geovane Martins.

    A"prata da casa" como se costuma dizer, essa também marcou época na ZYI - 794 a exemplo do primeiro forrozeiro da emissora, Benedito Jerônimo (Zé da Mata), Ascendino Filho, George Calazans, Genival Júnior, Suely Figueiredo, Roberto Quental, Dorgival Calheiros, Severino Lopes, Adeilton Soares, Herculano Sales, Jader Filho, Araújo Nery, Jefferson Batista, Iddo Alves, Gleidistone, Josias Silva, Cícero Guilherme, Jane Maria, Carlos Mayer, Roberto Mendes, Obadias Monteiro, Antonio Silva, Fernando Barbosa, Sérgio Botelho, Júnior Aritana, Willamar Alves, Eduardo Queiroga,Geobi Sousa, José Luiz, J. Oliveira, Marcos Sales, Aguinaldo Silva, Edson Silva, Toinho do Rêgo, Sérgio Cavalcanti, Jal Silva, Humberto Araújo, João Lima, Gel Silva, Luiza de Brito Gomes, Siqueira Júnior, Edleusa França, Eliana Pereira, Luciano Araújo e tantos outros.

    Hoje a Rádio Cultura dos Palmares continua atingindo os seus objetivos com uma programação eclética e uma equipe de locutores, operadores de áudio e redatores formada por Nádia Marques, Ricardo Alexandre, Cícero Ribeiro, Alberto Passos, Mávio Alves, André Cordeiro, Màrcio Roger, Gilson Soares e Girlaine Keucilene. Na gerência comercial Solange Marques. Todos sob a direção do radiodifusor-pioneiro DOUGLAS MARQUES.

Após decisão da CBF em alterar a tabela, Juca Kfouri dispara: ”Enfiaram a faca no Sport”



    O Flamengo deveria enfrentar o Sport no dia 24 de novembro, no Recife, três dias antes de jogar contra o Palmeiras a final da Libertadores, em Montevidéu.

    Evidentemente o Flamengo iria com reservas enfrentar os pernambucanos que lutam para não cair.

    Eis que ontem a CBF remarcou o jogo para o dia 3 de dezembro e pôs em seu lugar, no dia 23, em Porto Alegre, o jogo entre Grêmio e Flamengo.

    Digamos que faz mais sentido para os cariocas, que estarão perto de Montevidéu.

    Mas é claro o prejuízo ao Sport, que disputa com o Grêmio a permanência na Série A.

    Porque será contra os gaúchos que o Flamengo se poupará.

    O Grêmio agradece e o Sport se ferra.

Parque de Exposições do Cordeiro vem sendo revitalizado para receber a exposição de animais esse ano.



    A tradicional Exposição de Animais vai acontecer de 11 a 19 de Dezembro, no parque de Exposição do Cordeiro, e será realizada pela Associação dos Criadores de Nelore do Nordeste (ACNN). Estive no parque de exposição e pude conferir de perto a força tarefa de revitalização, e aproveitei para conversar com vários criadores. 

    “É inegável a importância deste evento para o fortalecimento da pecuária e do agronegócio em nosso estado. Essa decisão está baseada no engrandecimento e no benefício que serão efetivamente alcançados por toda a cadeia produtiva da agropecuária pernambucana”, explica Ricardo Kühni, presidente da Associação dos Criadores de Nelore do Nordeste.

    Na condição de entidade que representa criadores no estado de Pernambuco, a ACNN assumiu o compromisso de realizar a exposição de animais deste ano, diante da negativa da Sociedade Nordestina dos Criadores (SNC), de realizar o evento, demonstrada nos meios de comunicação nos últimos dias.

    Durante reunião na Secretaria de Desenvolvimento Agrário, foi confirmada a realização do evento entre os dias 11 e 19 de dezembro. O avanço da vacinação e a redução do número de casos de covid-19 contribuíram para a definição. O Parque de Exposições do Cordeiro entrará em processo de manutenção e ficará pronto para receber a exposição.

    “A ACNN entende indispensável, para manter o histórico sucesso de nossa Exposição Agropecuária do Nordeste, a união e emparceiramento de todas as entidades representativas da agropecuária de nosso Estado”, completa Ricardo Kühni.

    A exposição que já é tradição em Pernambuco, exibe bovinos, equinos, caprinos, ovinos, suínos, aves, coelhos e peixes, todos de alta linhagem genética, movimenta milhões de reais e está entre os maiores do Brasil.







Prefeita de Catende, Dona Graça, visita Unidades Básicas de Saúde e confere atendimento.



    A prefeita esteve nesta terça-feira (09/11), acompanhando os atendimentos noturnos em algumas UBSs de Catende. A prefeita falou que este contato direto com os funcionários e a população em geral nos dá a oportunidade de obter um retorno mais fiel da situação e, a partir daí, trabalhar na alçada da Secretaria Municipal de Saúde com planejamentos eficazes, encaminhando de forma adequada as ações que beneficiará o atendimento e a coletividade.

    Esses atendimentos noturnos são de muita importância, principalmente para a população que trabalha durante o dia e não consegue ter o seu acompanhamento médico, vacina, dentista entre outros serviços essenciais.

    Que este mês do Novembro Azul, os homens busquem atendimento, estaremos disponibilizando profissionais capacitados para orientá-los no que for necessário.

    Dona Graça finaliza dizendo que estará sempre em buscar do melhor para o município de Catende, trabalhando pela saúde de todos os catendenses.





Planalto vê Moro sem base política para ameaçar Bolsonaro em 2022.



    Auxiliares do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) dizem que a eventual entrada do ex-ministro Sergio Moro na corrida eleitoral de 2022 deverá ter impacto sobre a chamada terceira via, mas sem força suficiente para romper a esperada polarização com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

    Primeiro titular da Justiça no governo Bolsonaro e ex-juiz da Lava Jato, Moro planeja se filiar ao Podemos na quarta (10) . Ele sinalizou a aliados que pretende entrar na disputa pelo Palácio do Planalto.

    Caso participe da corrida eleitoral, Moro vai se somar à lista de possíveis candidatos que tentam romper o protagonismo de Lula e Bolsonaro no próximo pleito.

    Fazem parte do grupo Ciro Gomes (PDT), João Doria (PSDB), Eduardo Leite (PSDB), Luiz Henrique Mandetta (DEM) e Rodrigo Pacheco (PSD), entre outros.

    Moro abandonou a 13ª Vara de Curitiba para assumir o Ministério da Justiça de Bolsonaro, logo após o segundo turno das eleições de 2018, com a promessa de que teria carta-branca na pasta. Em 2020, deixou a pasta acusando Bolsonaro de tentar uma interferência na Polícia Federal. O principal revés do ex-juiz ocorreu em junho deste ano, quando o STF (Supremo Tribunal Federal) o declarou imparcial no julgamento de Lula no caso tríplex.

    Apesar de Moro ter aparecido em pesquisas recentes bem posicionado entre os nomes da chamada terceira via –em alguns cenários com 8% das intenções de voto–, conselheiros de Bolsonaro destacam que ele ainda está longe do patamar do presidente e de Lula.

    O atual desempenho de Moro nas pesquisas se deve, segundo aliados de Bolsonaro, a eleitores que ainda identificam no ex-juiz da Lava Jato um símbolo do combate à corrupção.

    Esses mesmos aliados, porém, ressaltam que Moro deve ter pouco espaço para crescer. O principal argumento é que o ex-juiz dificilmente conseguirá construir uma aliança partidária com congressistas e prefeitos que lhe dê sustentação para avançar na disputa.

    Uma das consequências, dizem assessores palacianos, é que Moro não deve ter acesso a um tempo de televisão competitivo.

    Embora o próprio Bolsonaro tenha vencido o primeiro turno das eleições de 2018 sem exposição relevante no horário eleitoral gratuito, auxiliares admitem que o cenário não deve se repetir em 2022.

    Tanto que Bolsonaro vem levando em consideração a obtenção de um amplo tempo de rádio e TV nas negociações para seu ingresso em um partido político. Atualmente, as conversas mais avançadas ocorrem com PL e PP.

    Um exemplo das dificuldades que Moro deve enfrentar para costurar acordos políticos ocorreu durante sua mais recente passagem por Brasília, na primeira semana de novembro.

    Moro passou um dia na capital e tinha pré-agendado reuniões políticas com a bancada do Podemos e um grupo de congressistas do PSL.

    A agenda, no entanto, acabou esvaziada e os encontros não ocorreram. No lugar, Moro se reuniu com congressistas do Podemos e de outras legendas que já eram simpatizantes do lavajatismo.

    Na votação da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) dos Precatórios, auxiliares palacianos viram uma nova sinalização de que Moro tem dificuldades de interlocução política.

    O ex-juiz publicou uma mensagem nas redes sociais em defesa da responsabilidade fiscal e contra o desrespeito ao teto de gastos (regra que limita o aumento das despesas), em uma manifestação contrária à aprovação da PEC. No entanto, metade dos dez deputados do Podemos votou sim à proposta.

    Além dos problemas nas alianças políticas, assessores palacianos dizem que Moro enfrenta forte rejeição entre os apoiadores mais fiéis tanto de Bolsonaro como de Lula.

    Entre os eleitores petistas, Moro é rejeitado por ter condenado Lula a 9 anos e 6 meses de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex de Guarujá (SP).

    O ex-presidente ficou preso por 580 dias em Curitiba. Ele foi solto após o STF ter mudado entendimento sobre prisão após segunda instância, determinando que só pode ocorrer após o trânsito em julgado (fim dos recursos).

    Em 2021, o STF anulou as condenações proferidas contra Lula pela 13ª Vara Federal da Justiça Federal de Curitiba. Meses depois, em uma dura derrota para o ex-juiz, o Supremo declarou Moro parcial na condução do processo.

    Diferentes pontos levantados pela defesa de Lula levaram à decisão dos ministros, como condução coercitiva sem prévia intimação para oitiva, interceptações telefônicas do ex-presidente, parentes e advogados antes de adotadas outras medidas investigativas e divulgação de grampos.

    A posse de Moro no governo Bolsonaro e os diálogos entre integrantes da Lava Jato obtidos pelo site The Intercept Brasil também pesaram.

    As conversas dos aplicativos de mensagem expuseram a proximidade entre Moro e os procuradores da Lava Jato.

    O então juiz indicou testemunha que poderia colaborar nas investigações contra Lula, orientou inclusão de prova contra réu em denúncia do Ministério Público, entre outros elementos explorados pelas defesas dos condenados na Operação Lava Jato.

    Moro e os procuradores sempre repetiram que não reconhecem a autenticidade das mensagens, mas que, se verdadeiras, não contêm ilegalidades.

Já para os bolsonaristas, Moro é visto como um traidor por ter saído do governo disparando contra o presidente. Ao deixar a Esplanada, o ex-ministro acusou o presidente de tentar interferir na Polícia Federal.

Bolsonaro foi interrogado pela PF, na noite de quarta (3), sobre as acusações de ingerência na corporação, em um processo iniciado a partir das suspeitas levantadas por Moro.

O mandatário admitiu ter pedido a troca do comando da PF, mas disparou contra o ex-juiz. Afirmou que ele condicionou atender o pedido à sua indicação para uma vaga de ministro do STF. A defesa de Moro nega as acusações.

No final do depoimento de 13 perguntas, Bolsonaro se queixou de o ex-ministro estar "administrando a pasta sem pensar no todo, sem alinhamento com os demais ministérios e o Gabinete da Presidência".

O desentendimento com o chefe do Executivo ocorreu em abril do ano passado, quando Moro deixou o ministério. O lavajatismo era tido como um dos pilares do governo, e até ministros de Bolsonaro achavam que sua saída abalaria muito a popularidade do presidente, o que não ocorreu.

O fato de o mandatário ter conseguido manter base de apoiadores forte, mesmo diante das acusações de Moro e de sua saída tumultuada do governo é também um dos motivos citados por auxiliares palacianos para desacreditar a possibilidade de a candidatura do ex-juiz vingar.

A demissão de Moro não rachou o bolsonarismo e, dizem interlocutores do presidente, não teria como arrematar parcela considerável de apoiadores em 2022 –o que é visto como outra razão para a descrença de que uma eventual candidatura do ex-aliado possa ameaçar a de Bolsonaro.

Fonte: Folha de Pernambuco

Setor de eventos vê sinais positivos de retomada das atividades.


    O segmento de eventos e feiras, um dos mais prejudicados pela pandemia de covid-19, já vê sinais positivos, com retomada de emprego e da atividade ainda neste ano e previsão de aceleração, em 2022. Segundo entidades setoriais, as medidas preventivas contra o novo coronavírus chegaram a atingir 97% deste setor que é responsável por 4,32% do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país).

    De acordo com a Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (Abrape), esta área permite movimentação anual de R$ 270 bilhões, nas mais de 590 mil atividades que promove a cada ano no país. “Com a paralisação que atingiu 97% do setor em 2020, cerca de 350 mil eventos foram cancelados e o ramo deixou de faturar, ao menos, R$ 90 bilhões. Em 2021, mais de 530 mil eventos deixaram de ser realizados”, disse à Agência Brasil o presidente da Abrape, Doreni Caramori Júnior, referindo-se a eventos como shows, festas, congressos, rodeios, teatro, eventos esportivos e sociais.

    Segundo ele, o mercado de eventos estava “pujante” até o início da pandemia, e era responsável por cerca de 23 milhões de empregos. Desde a chegada da covid-19, o setor deixou de faturar, só em 2021, pelo menos R$ 140 bilhões e demitiu cerca de 450 mil pessoas. “Nosso setor movimenta, anualmente, R$ 4,65 bilhões em impostos federais, R$ 75,4 bilhões em consumo e R$ 2,97 bilhões em massa salarial”.

    O presidente da Associação Brasileira de Empresas de Eventos (Abeoc Brasil), Fátima Facuri, disse que o setor representado pela entidade (feiras e eventos corporativos) movimentou, em 2019, 4,75% do PIB e gerou 13 milhões de empregos. “Se considerarmos toda cadeia de serviços, o que inclui sonorização, montadoras e 53 setores que atuam em eventos, nossa movimentação beira R$ 1 trilhão”, explicou.

    O presidente da União Brasileira de Feiras e Eventos de Negócios (Ubrafe), Abdala Jamil Abdala, estima que ao longo de 18 meses de paralisação, “mais de R$ 1,5 trilhão não foram gerados em volume de negócios sem a realização de feiras e eventos”.
Retomada

    Todas entidades consultadas pela Agência Brasil avaliam que a situação dos setores de feiras e eventos já começa a apresentar sinais positivos. Abdala, da Ubrafe, diz que, com a flexibilização das restrições em quase todo o Brasil, percebe-se uma “retomada gradual das atividades, ainda com algumas restrições de público total em alguns destinos”.

    Levantamento feito entre os associados da Ubrafe, tem confirmados mais de 80 eventos ainda em 2021. “Deveremos ter um calendário com mais de 700 eventos para 2022”, disse.

Na avaliação da Abeoc, a cadeia de serviços está voltando a empregar principalmente montadores e sonorização técnica. “Estamos saindo de um patamar em que 98% do previsto não aconteceu. Agora, 5% já está sendo retomado. A roda da economia já está girando e vai voltar a movimentar toda a cadeia aérea e de hotelaria, restaurantes e centros de convenções, entre outros”, disse Fátima Facuri.

    Já a Abrape prevê que o setor volte a operar com 50% da oferta regular do mercado nos próximos três meses. “Em 2022, a perspectiva é que 100% da programação de eventos tenha voltado, o que representa mais de 590 mil eventos no ano”, antecipa Caramori.

    Para a Ubrafe, neste momento se faz necessária a “reorganização do capital humano nas empresas como um todo, pois devido ao tempo sem nenhuma atividade, muitos profissionais migraram para outros setores”, disse ele. “Porém este momento também traz novas oportunidades àqueles que permaneceram no segmento de investimento em profissionalização do setor”.
Radar de eventos

    A Abrape defende uma “volta integral e o quanto antes” dos eventos. Essa retomada, no entanto, deve, em um primeiro momento, estar restrita a um público que esteja 100% imunizado. Para atingir esse objetivo, a entidade lançou uma plataforma com base científica que pretende auxiliar governos estaduais e municipais a tomarem decisões relacionadas ao retorno do setor de eventos de cultura e entretenimento em todo o país.

“Trata-se do Radar de Eventos do Brasil, que cria um índice seguro com data exata para a retomada das atividades, cruzando dados atualizados e projetados do panorama de vacinação e número de vítimas da covid-19”, explica o presidente da entidade.

Segundo ele, o radar cruza dados do volume total de vacinados e projeções de novos óbitos diários até dezembro de 2021 no país. A partir do impacto do aumento da imunização na queda no número de casos e vítimas, estabeleceu-se um índice de três óbitos por 1 milhão de habitantes como referência para avalizar a retomada segura e imediata dos eventos. “É um método semelhante ao utilizado para o mesmo propósito nos Estados Unidos e Reino Unido”, justifica.

Prefeita de Catende, Dona Graça, mostra força política na segunda edição do Levanta Pernambuco.


                        
Na foto: Dona Graça e Raquel Lyra


        Na última sexta feira (05) aconteceu na cidade de Catende, na Mata Sul de Pernambuco, o movimento Levanta Pernambuco, que é liderado pelos partidos de oposição PSDB, PL, PSC E CIDADANIA.

        Na ocasião, a anfitriã do dia, a Prefeita Dona Graça, recebeu Raquel Lyra (PSDB), Anderson Ferreira (PL), Daniel Coelho(CD), Alessandra Vieira(PSDB) e várias lideranças da região.

        A Prefeita de Catende, Dona Graça, falou da importância desse movimento para a Mata Sul e para Pernambuco: "Nós da Mata Sul, estamos padecendo a muitos anos por falta de atenção do governo estadual, temos sobrevivido apesar do esquecimento e nos reinventamos do modo que podemos, mas tenho certeza que estamos no caminho certo junto com Raquel e Anderson."

Fonte: Blog SX


Dona Graça (PSDB) recebeu visita de Armando Monteiro e conversou sobre fortalecimento da Mata Sul

 

Armando Monteiro, Dona Graça e Rilton Braz

    Primeira mulher prefeita de Catende, Dona Graça, disse estar muito feliz com a visita do líder político, Armando Monteiro: “fico feliz e toda minha esquipe em receber nosso líder político, Armando Monteiro, que sempre foi um grande entusiasta e apoiador de meu projeto político. Estaremos recebendo a visita da deputada Alessandra Vieira, que tem se mostrado uma grande amiga e companheira do nosso município, nosso amigo Daniel Coelho, que tem ajudado muito nossa cidade, e também da nossa amiga e presidente do nosso partido PSDB, Raquel Lyra, que é um exemplo de gestora para todos e tem fortalecido o movimento das mulheres na política”, frisou.

    Na visita foram abordados soluções para problemas crônicos da região como finalização das barragens de contenção, estradas que ligam a região a Caruaru, segurança e alternativas para geração de emprego e renda para Catende e região.

    O secretário de governo, Rilton Braz, fala da importância desse projeto para a região da Mata Sul, e em especial, para Catende: "Tiramos Catende do caos político que nos últimos anos assolaram nossa cidade, e hoje, já podemos ver no rosto dos catendenses, o sorriso e aquele orgulho de ser de Catende, pois nosso trabalho vem surtindo efeito, não é por acaso que Dona Graça tem uma aprovação de mais de 90%, é muito trabalho, fé e esperança em dias melhores para Catende e região. Agradecemos a visita de Dr. Armando Monteiro, que sempre esteve do nosso lado e sempre acreditou em nosso projeto. Somos gratos."

Prefeito Marcello Maranhão sanciona Lei que garante absorventes para estudantes da rede pública municipal de Ribeirão.

 

Prefeito de Ribeirão, Marcello Maranhão ao lado de Mário Filho

    O prefeito de Ribeirão, Marcello Maranhão (PSB), sancionou o Projeto de Lei n° 007/2021, de autoria do vereador Itamar Barcelos, que prevê a distribuição gratuita de absorventes higiênicos para as estudantes da Rede Pública Municipal de Ensino, em situação de emergência, que necessitem do absorvente. A iniciativa visa garantir o material principalmente para as estudantes de baixa renda.

    “O estímulo a Educação tem sido uma das maiores prioridades do seu governo e vê neste Projeto sancionado uma das formas de ajudar a combater a evasão escolar. O trabalho continua”, destacou o prefeito.

Fonte: Blog ponto de Vista

Marília Mendonça morre em queda de avião em Minas Gerais.

 


    A cantora Marília Mendonça, de 26 anos, morreu na tarde nesta sexta-feira (5) após a queda de um avião de pequeno porte, em que ela viajava com mais quatro pessoas, perto de uma cachoeira na serra de Caratinga, interior de Minas Gerais.

    "Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e co-pilto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento. O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite. De momento, são estas as informações que temos.", informou em nota a asessoria da cantora.

    Os bombeiros também confirmaram a morte através de nota: "O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5), ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais."

    A cantora nasceu em Cristianópolis (GO) em 22 de julho de 1995. Ela surgiu como ícone do “feminejo” em 2016, com sucessos como “Infiel” e “Eu sei de cor”. Antes, ela já era compositora de sucessos do sertanejo.

    A assessoria afirmou que no avião estavam a cantora, um produtor, um assessor, o piloto e o copiloto.

    A aeronave é um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, com capacidade para seis passageiros. Segundo a Anac, o avião está em situação regular e tem autorização para fazer táxi aéreo.

    A cantora estava indo para um show em Caratinga. Antes de embarcar fez um vídeo em que aparecia entrando no avião e publicou no Twitter.

Raquel Lyra (PSDB) participa de agenda do Movimento Levanta Pernambuco em Catende.


    O Movimento Levanta Pernambuco estará, nesta sexta (05), em Catende, na Mata Sul. Em mais uma etapa de debates o PSDB, PL, PSC e Cidadania vão apresentar um diagnóstico da região e colher sugestões da população sobre como superar os inúmeros problemas que atingem a Zona da Mata.

    A prefeita de Caruaru e presidente do PSDB Pernambuco, Raquel Lyra, coordena os debates juntamente com o prefeito de Jaboatão e presidente do PL, Anderson Ferreira, o deputado federal e presidente do Cidadania, Daniel Coelho e o deputado federal e presidente do PSC, André Ferreira. A prefeita Dona Graça, de Catende (PSDB), com sua gestão, aprovado por mais de 90% da população catendense, estará presente no encontro.

    Em Catende, o debate acontecerá na Space Recepções, a partir das 16h.

'A gente discute política quase como quem discute partida de futebol, torcendo. O que é péssimo', diz advogado criminalista no ‘Conversa’



Criminalista e advogado conversa com Pedro Bial — Foto: Reprodução/TV Globo

    A seletividade racial, social e de gênero da Justiça brasileira foi o assunto do Conversa com Bial da noite de terça-feira, 2/11, que recebeu o criminalista Augusto de Arruda Botelho, conselheiro da organização Human Rights Watch e um dos fundadores do Instituto de Defesa do Direito de Defesa, e o advogado da Educafro e conselheiro jurídico do Movimento Livres, Irapuã Santana.

    Autor de "Iguais perante a lei: Um guia prático para você garantir seus direitos", Botelho contou que uma de suas motivações para escrever foi o fato de que a Justiça, hoje em dia, é comentada em almoços de família e mesas de bar. Na opinião do criminalista, aproximar a Justiça da população e deixá-la mais transparente é ótimo, mas a maioria das pessoas é leiga e o assunto exige conhecimento técnico mínimo. 

"Infelizmente, hoje, principalmente com a polarização política atual que o Brasil enfrenta, a gente discute política quase como quem discute partida de futebol, torcendo. O que é péssimo. Direito é uma ciência."

Pesquisar este blog

Jurídico de Raquel Lyra vai à Polícia Federal e Procuradoria Eleitoral para garantir atuação da PF nas eleições.

       A coordenação jurídica da Coligação Pernambuco Quer Mudar (Federação PSDB -Cidadania e PRTB) denunciou à Polícia Federal e à Procurad...